Header Ads




Interino assume função de ouvidor-geral do MPPA após afastamento de procurador que fez declarações racistas

O procurador de justiça, Estevam Alves Sampaio Filho, assumiu interinamente nesta terça-feira, 26, o cargo de Ouvidor-Geral do Ministério Público do Estado do Pará. A função foi publicada através da portaria n° 1.832 do Diário Oficial do Estado (DOE)

Estevam Alves Sampaio assumiu o cargo após a Corregedoria Nacional do Ministério Público (CNMP) afastar, no dia 03 de março, o procurador de Justiça, Ricardo Albuquerque da Silva, do cardo de ouvidor-geral, por ter feito declarações racistas durante palestra para alunos do curso de Direito, em novembro de 2019, em Belém.

Ricardo Albuquerque disse que o "problema da escravidão no Brasil foi porque o índio não gosta de trabalhar". O procurador afirmava ainda "não acho que nós tenhamos dívida nenhuma com quilombolas. Nenhum de nós aqui tem navio negreiro". A palestra foi gravada e o áudio vazado.

O procurador de Justiça Estevam Alves Sampaio Filho foi o primeiro ouvidor-geral do Ministério Público escolhido pelo Colégio de Procuradores de Justiça no biênio 2006/2008.

A escolha do novo ouvidor deve acontecer após a retorno das atividades presenciais do MPPA, que foram suspensas devido a pandemia do novo coronavírus.

Por Roma News 

Nenhum comentário