Header Ads




Pará e São Paulo puxam alta de casos de covid-19 no Brasil, diz Ministério da Saúde

Na quinta-feira, 28, o Brasil registrou a maior alta de casos de covid-19 em 24 horas. Foram contabilizados 26.417, superando os números da última sexta-feira, 22, quando havia batido novo recorde. Segundo o Ministério da Saúde, nove estados do país registraram suas maiores altas de diagnósticos, o que explica o aumento, puxado principalmente por São Paulo e Pará.

Também na quinta, o Pará registrou sua maior alta de casos, com 2.666 diagnósticos em 24 horas. Nos últimos sete dias, o estado contabilizou em média 1.990 novos diagnósticos por dia, valor que só é superado por São Paulo. A Secretaria de Saúde Pública (Sespa), no entanto, alega que os altos índices são frutos de subnotificação das prefeituras e os números, na realidade, estariam caindo. Hoje, o Governo do Pará anunciou um plano de reabertura das atividades econômicas a partir da próxima segunda-feira, 1º.

Estado brasileiro mais atingido pela pandemia, na quinta-feira, São Paulo teve 6.382 diagnósticos em 24 horas, um dia após o governador João Doria (PSDB) permitir a flexibilização do isolamento social na capital paulista e em outras regiões.

Também registraram suas maiores altas de casos em 24 horas os estados do Amazonas, Minas Gerais, Piauí, Paraná, Rondônia, Tocantins e Roraima. Quanto às mortes, os estados da Paraíba, Amapá, Acre e Mato Grosso nunca haviam registrado tantas mortes em 24 horas como na atualização feita na quinta.

Já o Rio de Janeiro chegou a 4.856 e se tornou o segundo estado brasileiro que, sozinho, ultrapassa o total de óbitos contabilizados pela China inteira. Em São Paulo isso ocorreu na metade deste mês.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país onde mais se morre por covid-19. No último boletim, quase 25% dos óbitos registrados em 24 horas no mundo inteiro foram de brasileiros. O ranking considera os dados de ontem do Brasil, que teve quase o dobro de mortes em relação ao segundo colocado deste ranking, os Estados Unidos (1.039 e 590).

Fonte: Uol

Nenhum comentário