Header Ads




Polícia Civil conclui inquérito e afirma que gerente do Banpará simulou assalto na agência

O assalto ocorreu dia 13 de abril
A Polícia Civil concluiu o inquérito do assalto em uma agência bancária na vila de Alter do Chão, em Santarém, oeste Paraense, e afirmou que o gerente do banco não foi vítima de bandidos. As investigações apontaram que, o gerente da agência BanPará simulou toda a ação criminosa, desde o suposto sequestro até o ateamento de fogo no próprio carro.

A ação criminosa ocorreu no dia 13 de abril, quando a polícia recebeu uma ocorrência de que um gerente havia sido sequestrado na própria casa por uma quadrilha e obrigado a ir à agência bancária abrir o cofre. No assalto, os criminosos estariam munidos com pistolas e além de ameaçar o gerente, também teria feito ameaças aos seus familiares. No entanto, o caso foi desvendado e o autor da ação criminosa é o próprio gerente. A quantia levada não foi revelada.

Em entrevista a um portal, o delegado que comandou o caso revelou que a suposta vítima deu o depoimento duas vezes e as informações repassadas não sustentaram a tese de que ele teria sido vítima de sequestro para posterior roubo a banco.

Ainda segundo as investigações o gerente agiu sozinho. Nos dois depoimentos prestados ele passou informações que ao serem verificadas não tinham a sustentação necessária. "Conseguimos levantar diversas informações que estão documentadas no inquérito policial que contradisseram a versão do gerente", disse o delegado.

O dinheiro não foi recuperado e o gerente, por não ter sido preso em flagrante, ainda está em liberdade. O caso vai ser enviado à Justiça para os trâmites legais.

Fonte: G1 Santarém

Nenhum comentário