Header Ads




Segup avalia prorrogação de lockdown em municípios paraenses

Foto: Leandro Santana / Ascom PCPA

O lockdown nos municípios de Abaetetuba, Cametá, Canaã dos Carajás, Capanema, Parauapebas e Santarém deve ser prorrogado, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Pará (Segup). Os seis municípios aderiram a medida após o dia 7 de maio, quando o lockdown foi estabelecido em outras dez cidades do estado.

De acordo com a Segup, um estudo detalhado está sendo realizado para avaliar a situação de cada um dos dez municípios e verificar se há necessidade de prorrogação do lockdown nos municípios. O lockdown começou a vigorar no dia 7 de maio nos municípios de Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides, Santa Bárbara do Pará, Santa Izabel do Pará, Castanhal, Santo Antônio do Tauá, Vigia de Nazaré e Breves. A medida de restrição foi prorrogada até o dia 24 de maio.

Nesta quinta-feira (21), o Pará ocupou o terceiro lugar do ranking nacional de isolamento social, com 48,6% da população em suas casas. Nas 16 cidades onde ocorre o lockdown, os índices foram: Belém (50,3%), Ananindeua (47,9%), Marituba (45,8%), Santa Izabel (44,2%), Santa Bárbara (47,4%), Benevides (48,7%), Castanhal (47,2%), Vigia (50,1%), Santo Antônio do Tauá (47,2%), Breves (54,6%), Abaetetuba (53,1%), Parauapebas (50,3%), Cametá (49,6%), Capanema (48%), Santarém (51,8%), Canaã dos Carajás (47,3%). Todas as médias registradas estão distantes da recomendada pela Organização Mundial da Saúde, que é de 70%.

No dia 18 de maio, o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho anunciou que um grupo formado por representantes da prefeitura, empresários e trabalhadores se reuniu para traçar um plano de retomada das atividades econômicas na cidade. No dia seguinte, o prefeito anunciou que após o término do lockdown, Belém retornaria com suas atividades, flexibilizando a abertura do comércio não essencial.

Por G1 Pará

Nenhum comentário