Header Ads




TRF-4 mantém condenação de Lula no caso do sítio de Atibaia

Em julgamento virtual, a oitava Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) manteve condenação a 17 anos de prisão do ex-presidente Lula no caso do sítio de Atibaia, em São Paulo.

Os desembargadores negaram, por unanimidade, os recursos apresentados pela defesa de Lula. Na última petição apresentada na noite de terça-feira, 5, os advogados do ex-presidente solicitaram suspensão do julgamento virtual com base no depoimento do ex-ministro Sergio Moro no sábado, 2.

Segundo a defesa do petista, a oitiva de Moro era um novo acontecimento relacionado ao processo de suspeição do ex-juiz da Lava-Jato, que aguarda julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF).

Além desse recurso, os desembargadores também negaram o pedido para que a sessão virtual fosse cancelada e que o julgamento do caso só acontecesse de forma presencial, como queriam os advogados, que não participam do julgamento virtual. Ainda cabe recurso nesse caso.

Fonte: O Globo

Nenhum comentário