Header Ads




Funcionários do Hospital de Monte Alegre fazem "Gambiarra" em respirador mecânico para atender pacientes com Covid-19

Após a investigação, o Tribunal de Contas dos Municipios enviou uma notificação ao secretario municipal de saúde.
Familiares de um paciente morto em decorrência da covid-19, em Monte Alegre, oeste do Pará, denunciaram a câmara dos vereadores que o Hospital Municipal estaria utilizando um respirador mecânico de forma irregular. Os Parlamentares decidiram investigar a situação e constataram que havia um tipo de "gambiarra" em um respirador.

De acordo com a fiscalização, funcionários do Hospital, com intuito de fazer o aparelho funcionar, fizeram uma ligação improvisada do aparelho a um balão de oxigênio.

Mas a alternativa não oferece as condições necessarias para que o respirador funcione da forma correta, o que pode prejudicar o atendimento a pacientes em estado grave de Covid-19. Após constatarem a triste situação do Hospital, três vereadores criticaram o titular da Secretaria de Saúde de Monte Alegre.

Para eles, o Secretário de Saúde faltou com a verdade ao dar garantia para a população, de que o respirador estava instalado e, que uma equipe já estava treinada para manusear o aparelho.

De acordo com médicos, aproximadamente 5% das pessoas que desenvolvem Covid-19 precisam de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), muitas das quais com necessidade de usar o respirador mecânico.

Diante da situação de abandono por falta de funcionamento do aparelho, os moradores de Monte Alegre cobram soluções urgentes por parte do Poder Público Municipal. Uma notificação do Tribunal de Contas dos Municipios foi enviada ao secretario municipal de saude.

Notificação doTribunal de Contas dos Municípios

O Conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará, José Carlos Araújo, vem pela segunda vez, através do presente edital(documento em anexo), a ser publicado 03(três)vezes, no período de 10 (dez) dias, Notificar o senhor Clovis Luiz da Silva Freitas, ordenador do Fundo Municipal de Saúde de Monte Alegre/PA, no exercício de 2020, para no prazo de 24 horas (vinte e quatro horas) contados da data da 3° publicação, informar as ações já implantadas na área da saúde, para enfrentamento da pandemia de Covid-19, assegurando o melhor interesse da população.

Fonte: Portal Santarém

Nenhum comentário