Header Ads




Produção de bicicletas no Pólo Industrial de Manaus apresenta queda de 70,5% no mês de maio

No começo de junho, todas fabricantes do Polo Industrial de Manaus já estavam em operação e o setor começava a ter sinais de recuperação
Em meio à pandemia do novo coronavírus, o Polo Industrial de Manaus (PIM) produziu 21.587 de bicicletas no mês maio. De acordo com os números da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), divulgados ontem, 11, o volumta representa uma queda 70,5% se comparado ao mesmo período do ano passado.

Segundo a Abraciclo, o setor iniciou uma retomada gradual de atividades após a paralisação da produção, que ocorreu em março, devido à pandemia do novo coronavíurs. No Polo Industrial de Manaus, cerca de 30 mil trabalhadores estavam em férias coletivas.

Comparado ao mês anterior, o mês de maio apresenta um aumento de 114,3%, o que resulta em 10.0071 unidades.

Somando os cinco primeiros meses de 2020, a produção totalizou 202.581 bicicletas, número inferior aos 332.721, que foram produzidos nos meses iniciais de 2019.



Atualmente, as bicicletas produzidas em Manaus são destinadas para o país todo. A região sudeste lidera o ranking de produtos recebidos. Durante o mês de maio, 12.457 unidades foram enviadas para os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo.

Em segundo lugar, ficou a região sul, com 4.417 bicicletas. Nordeste (3.048 unidades), centro-oeste (1.317 unidades) e norte (348) fecham o ranking das regiões.

Por Roma News 

Nenhum comentário