Header Ads


Fraude na compra de respiradores no Amazonas ocorreu sob comando do governador, afirma MPF

A subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, comentou o envolvimento do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), em suposto esquema de fraude e desvio na compra de respiradores. O governador foi alvo de operação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal na manhã desta terça-feira, 30.

“Os fatos ilícitos investigados têm sido praticados sob o comando e orientação do governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, o qual detém o domínio completo e final não apenas dos atos relativos à aquisição de respiradores para enfrentamento da pandemia, mas também de todas as demais ações governamentais relacionadas à questão, no bojo das quais atos ilícitos têm sido praticados”, destaca Lindôra Araújo.

No requerimento das cautelares, a subprocuradora-geral sustenta que as investigações permitiram, até o momento, “evidenciar que se está diante da atuação de uma verdadeira organização criminosa que, instalada nas estruturas estatais do governo do estado do Amazonas, serve-se da situação de calamidade provocada pela pandemia de covid-19 para obter ganhos financeiros ilícitos, em prejuízo do erário e do atendimento adequado à saúde da população”.

Estão sendo apuradas suspeitas da prática de peculato, delitos da lei de licitações, organização criminosamente, lavagem de dinheiro, e crimes contra o sistema financeiro.

Fonte: AM Post

Nenhum comentário