Header Ads




Prefeitura de Prainha destaca importância da Policlínica Itinerante

O município de Prainha localizado no oeste paraense, recebeu nesta quarta-feira (24), os serviços da Policlínica Itinerante, organizada pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura municipal de Prainha, que disponibilizou servidores e ambulâncias para o transporte de pacientes. Com o objetivo de tratar pacientes com sintomas de contágio pelo novo coronavírus no estágio inicial.
A iniciativa tem aliviado também a pressão sobre a rede local de saúde.Durante todo o dia desta quarta-feira, moradores do município e áreas próximas poderão se consultar com a equipe de profissionais que atuaram na Policlínica.

Consultas, testes, exames e de medicamentos, esses foram alguns dos serviços oferecidos pela policlínica fluvial. É a segunda vez em 2020 que o barco-hospital Papa Francisco, chega no município de Prainha.
A importância da ação foi destacada pela gestão municipal. A Prefeitura de Prainha e a Secretaria Municipal de Saúde agradeceram ao Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), pela realização da ‘Ação nos cinco municípios da região conhecida como Calha Norte, no oeste paraense’, que contou com a presença da Policlínica Itinerante no município, nesta quarta-feira 24 de junho, para atender pessoas com sintomas leves e moderados da Covid-19. Em nota, a prefeitura agradeceu “especialmente a todos os profissionais da saúde que prestaram excelente atendimento à população de Prainha”.
O barco-hospital Papa Francisco conta com cinco médicos, seis enfermeiros e quatro agentes administrativos e faz atendimento ambulatorial e entrega de medicamentos, sob prescrição médica. Caso haja a necessidade de transferir pacientes, há uma ambulancha e um helicóptero UTI disponibilizado pelo governo do Estado para dar o suporte. Os serviço médico passou pelo município de Prainha foram realizados a estimativa de 200 atendimentos, entre consultas, exames e encaminhamento para procedimentos no hospital local.

“Nós trabalhamos aqui no atendimento de pessoas com sintomas ou suspeita do novo coronavírus, e a gente consegue fazer o atendimento ambulatorial; se necessário, fazemos o Raio X e também a entrega de medicamentos, mediante prescrição médica. Nós trouxemos a ambulancha, que é parte integrante do barco; além disso, o governador deixou à disposição a remoção aérea, via helicóptero, para os casos que necessitarem de transferência”, relatou a coordenadora médica da Poli Itinerante, Fernanda Moreira.

Blogdocarpê 

Nenhum comentário