Header Ads




Com procissões ameaçadas pela covid-19, Círio de Nazaré pode ganhar versão virtual inédita em 2020.

Diretoria da Festa também não descarta uma procissão em dezembro, mas depende de aval de órgãos de saúde
Procissões do Círio de Nazaré levam milhares às ruas todos os anos - Crédito: Agência Belém

A possibilidade de não realização do Círio de Nazaré da forma como conhecemos é real e foi admitida pelo diretor da Festa, Albano Martins, durante sua participação no programa Entrevista Roma News, disponível a partir desta quarta-feira, 8, no portal e nas redes sociais do Roma News, além do canal 523 da Roma Cabo.

Segundo Albano, “haverá círio, só não sabemos ainda em que formato”. Martins confirmou que a Diretoria do Círio prepara um “plano B”, que prevê a realização de procissões e outros eventos, como a apresentação do manto e o Círio Musical, de forma virtual. Também não foi descartada a possibilidade de uma procissão nas ruas, em dezembro, mas isso depende das condições de imunização à covid-19 até o final do ano.

Até o final de julho, uma comissão formada por médicos, infectologistas e pesquisadores, deve entregar à Arquidiocese de Belém um parecer sobre a possibilidade de realização ou não do círio de forma tradicional, nas ruas. Só então o arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira, deve se posicionar oficialmente sobre o Círio 2020.

Na entrevista à jornalista Anna Peres, Albano deu detalhes de como pode ser o círio virtual.

Por Roma News 

Nenhum comentário