Header Ads




Preço da carne teve queda no primeiro semestre, mas acumula alta de quase 30% em 12 meses

O preço da carne bovina consumida na capital paraense apresentou uma queda no primeiro semestre de 2020, mas, ao todo, nos últimos doze meses, acumula um aumento de quase 30%. É o que aponta a pesquisa mensal do Departamento Intersindical de Estudos Socioeconômicos do Pará (Dieese-PA) e da Secretaria Municipal de Economia (Secon). 

De acordo com o estudo, os preços da carne bovina consumida pelos paraenses, comercializada em açougues, mercados municipais e supermercados de Belém, apresentou uma alta de preço de 0,45% em junho, em relação ao mês de maio. Já no primeiro semestre deste ano, o preço do quilo da carne recuou 4,36%, entretanto, nos últimos 12 meses o preço da carne apresentou alta acumulada bem superior à inflação, alcançando cerca de 30%.

Em junho de 2019, o quilo da carne bovina de primeira, como coxão mole, cabeça de lombo e paulista) foi comercializada, em média, a R$ 20,76 e fechou o ano de 2019, a R$ 28,22. No início deste ano, em janeiro, foi vendida a R$ 26,46. Em fevereiro, foi comercializado a R$ 25,35. Em março, a média foi de R$ 25,08. Em abril, foi comercializada em média a R$ 25,64. Em maio, a R$ 26,87. E em junho, com novo aumento, foi a R$ 26,99.

Por Roma News 

Nenhum comentário