Header Ads




Preservativo ficou preso dentro da vagina. E agora? Médico responde

O que pode ocorrer se a camisinha e outros objetos ficarem presos dentro da vagina?
Você transou e foi tudo tranquilo. Porém, na hora de tirar o preservativo, cadê ele? O ginecologista e obstetra Thiago Gester, tira dúvidas sobre o que fazer se isso ocorrer.

Afinal, pode "perder" algo dentro vagina?
“O canal vaginal carrega tabus e mitos. Muito se lê e ouve é que a vagina é infinita. Mas, digo logo de cara, principalmente para as novinhas: sua vagina não é um ‘buraco negro’. Logo, as coisas dentro dela não vão desaparecer, nem sumir”, explica Gester.

De acordo o ginecologista, relatos comuns chegaram em seu consultório

“Dr, sei que são 4h, mas estou aos prantos e desesperada porque eu estava aqui com meu crush fazendo amor selvagem e simplesmente a camisinha sumiu. Já procurei, mas não está na cama, nem no chão. Só pode estar dentro de mim. Eu vou morrer Dr? Me ajude”, relatou uma paciente.

“Dr, pelo amor de Deus, eu estava naqueles dias né, aí fui inventar de ir ao Rio andar de lancha, logo tive que colocar O.B né. Depois do banho e tal fui fazer xixi e ele sumiu. Não está com a cordinha, e agora? Aonde ele está”, relatou outra paciente.

Desvendando tabus e mitos

Em média o canal vaginal possui sete a dez centímetros | Foto: Reprodução
De acordo com o ginecologista, é verdade que quando a mulher está excitada o canal vaginal se estende, ou seja, ele aumenta, mas não o suficiente para algo se perder dentro do seu corpo ou ficar navegando no seu interior.

“Em média o canal vaginal possui sete a dez centímetros quando a mulher não está excitada. Por isso, na maioria das vezes se consegue alcançar com os dedos qualquer objeto, apesar de não ser aconselhado”, explica o médico.

Por que ir ao ginecologista?

“Introduzir objetos pode machucar e predispor a infecções ou traumas na vagina. O ideal é ir ao posto médico para se fazer a retirada o quanto antes”, orienta Gester.

O que acontece se a camisinha ficar dentro da vagina?
“Uma dica para as mais desesperadas na tentativa manual, lave suas mãos e antes da introdução dos dedos na vagina, procure tossir forte pelo menos umas cinco vezes. Isso ajuda na retirada”, explica Dr. Thiago.

Riscos

Os perigos iniciais, para quem não ficou com o preservativo durante muito tempo, são os mesmos de uma relação sexual sem proteção.

“No caso da camisinha perdida, se não conhece o boy, avise ao médico para iniciar todo protocolo emergencial contra as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s) e gravidez indesejada”, recomenda.

Camisinha não vai para as tripas

“Não se preocupe que ‘objetos perdidos’ não vão para as ‘tripas’ e nem para o ‘coração", brincou o médico.

Em tempo Manaus

Nenhum comentário