Header Ads




Sirsan resolve cancelar a 43ª Feira Agropecuária e Agroindustrial do Baixo Amazonas

Exposição Feira Agropecuária e Agroindustrial do Baixo Amazonas é considerada a maior da região — Foto: João Carlos Brasil/Arquivo

Em decorrência da pandemia do coronavírus, grandes, médios e pequenos eventos tiveram que cancelar ou adiar a realização. Em Santarém, no oeste do Pará, não foi diferente. Nesta quinta-feira (9), o Sindicato Rural de Santarém (Sirsan) anunciou o cancelamento da 43ª Feira Agropecuária e Agroindustrial do Baixo Amazonas.

A feira é considerada o maior evento da categoria na região e estava programada para realização entre 5 a 9 de agosto no Parque de Exposições Alacid Nunes, no bairro Prainha.

A decisão foi tomada pela diretoria e parceiros do Sirsan, em função das incertezas do avanço da Covid-19 no oeste do Pará. "A decisão foi baseada em parâmetros de adequações às normas sanitárias estabelecidas pelo estado ao atual momento", diz um trecho do comunicado do sindicato.
Em 2019, foram movimentados cerca de R$ 50 milhões — Foto: João Carlos Brasil/TV Tapajós

Em 2019, foram movimentados cerca de R$ 50 milhões durante os dias da Feira, que ainda recebeu mais de 250 mil visitantes. Esse valor decorre das linhas de crédito especiais que são liberadas para custeio das lavouras, compra de máquinas e também da venda de animais.

Eventos adiados

O Sirsan ressaltou que as palestras técnicas, shopping de animais e o 9º Leilão Pérolas do Tapajós foram mantidos. Entretanto, as datas ainda vão ser definidas no início do segundo semestre, sendo que os eventos irão atender os protocolos de saúde pública vigente para enfrentamento à pandemia.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário