Header Ads




Hospital Regional da Transamazônica retoma parte do atendimento de especialidades médicas nesta segunda, 10

HRPT manterá leitos de UTI para covid-19 - Crédito: Reprodução - Voz do Xingu

O Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), localizado em Altamira, no sudoeste do Pará, retomará gradualmente nesta segunda-feira, 10, o atendimento das especialidades médicas na unidade de saúde, que atende os nove municípios da região Xingu.

Primeiro voltam os atendimentos de cardiologia, ortopedia e neurologia. As demais especialidades dependerão dos critérios de avaliação e segurança do hospital.

"Em breve, assim que os casos de covid-19 na região do Xingu estiverem em queda ainda maior, iremos aumentando as demais especialidades", explica o diretor regional da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Maurício Nascimento.

Entre as medidas de segurança tomadas pelo HRPT está a liberação de apenas um acompanhante por paciente, com exceções permitidas pela legislação. Também permanece o uso obrigatório de máscaras, obrigação de se manter o distanciamento social adequado, entre outras medidas de prevenção para evitar o contágio pelo novo coronavírus.

Além de Altamira, o hospital atende os municípios de Anapu, Brasil Novo, Medicilândia, Pacajá, Porto de Moz, Senador José Porfírio, Uruará e Vitória do Xingu.

A Sespa afirma que com a implantação do hospital de campanha em Altamira e a diminuição dos casos de covid-19 na região, o atendimento gradual pode ser implantado para atender a demanda reprimida local.

Somente os casos de covid-19, que necessitarem de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) serão atendidos no HRPT. Os 20 leitos destinados à covid-19 serão mantidos por tempo indeterminado até que não haja solicitação de internação pela doença.

O HRPT tem 109 leitos, dos quais 12 são de pronto-atendimento, cinco de UTI neonatal, cinco de UTI Pediátrica, cinco de UTI Adulto, quatro leitos de unidades de cuidados intermediários neonatais, 32 leitos de clínica cirúrgica, seis leitos de clínica de obstetrícia, 21 de clínica médica e 15 leitos de clínica pediátrica.

No total o HRPT disponibiliza 20 modalidades médicas: neurologia, gastroenterologia, infectologia, urologia, traumatologia, pneumologia, ginecologia, cardiologia, pediatria, médica, cirurgia geral, nefrologia, otorrinolaringologia, endocrinologia, mastologia, cirurgia pediátrica, cirurgia vascular, oncologia, reumatologia e hematologia.

A capacidade mensal é de 2.036 atendimentos. Os exames do Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico do hospital têm capacidade para fazer 10.305 atendimentos mensais e estão distribuídos em 17 modalidades.

Fonte: Agência Pará

Nenhum comentário