Header Ads




Instituto firma parcerias internacionais no combate à pandemia de covid-19 em Juruti

Projeto que será implementado no município de Juruti e irá beneficiar principalmente populações vulneráveis — Foto: IJUS/Divulgação

O Projeto “Juruti contra a Covid-19”, do Instituto Juruti Sustentável (Ijus) foi selecionado pela iniciativa PPA Solidariedade para receber investimentos da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) pela NPI Expand, Alcoa Foundation, Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) e Cooperativa da Agricultura Familiar de Juruti (Cooafajur).

A PPA Solidariedade é uma iniciativa constituída pela parceria entre Usaid, NPI Expand, Plataforma Parceiros pela Amazônia (PPA) e Sitawi Finanças do Bem. Criada especialmente para desenvolver ações de enfrentamento da Covid-19 na Amazônia, o programa PPA Solidariedade tem a proposta de engajar o setor privado em parcerias estratégicas para alavancar soluções inovadoras e escaláveis para fortalecer a resposta rápida a emergências relacionadas ao combate à Covid-19.

Em Juruti, a parceria atuará por meio do Ijus, promovendo medidas para o enfrentamento dos impactos à saúde e à economia locais.

De onde vem os recursos?

Serão destinados mais de R$1,5 milhão divididos igualitariamente: R$790 mil vindos da Usaid, através da PPA Solidariedade e outros R$790 mil vindos do investimento conjunto da Alcoa Foundation, Ijus e Cooafajur.

“A expectativa é grande, pois a parceria nesta plataforma para o desenvolvimento amazônico, a PPA, irá proporcionar à população de Juruti informação, capacitação, segurança alimentar, equipamentos hospitalares, geração de renda, apoio à retomada da agricultura familiar, entre outras atividades. Estamos muito felizes e agradecemos esta oportunidade do Ijus conduzir este importante projeto em parceria com a Usaid, Alcoa e Cooafajur para combater diretamente os efeitos da pandemia”, afirmou Maria Raimunda (Deise) Melo, presidente do Ijus.

Entre as iniciativas do projeto, está o apoio à retomada da agricultura familiar, entre outras atividades — Foto: IJUS/Divulgação

Patrícia Benthien, Gerente de Projetos da Usaid-Brasil, comentou sobre o início do trabalho conjunto neste importante momento. “É um projeto que será implementado no município de Juruti e irá beneficiar principalmente populações vulneráveis, as comunidades, que são o que acabam sofrendo mais com os efeitos da pandemia”, disse.

Patrícia ainda destaca sua expectativa em parcerias futuras. “Esperamos, para um futuro próximo, ter outros bons frutos desta parceria em Juruti”.

A Alcoa já desenvolve um trabalho consistente junto com a comunidade de Juruti desde o início das operações da empresa no município, desenvolvendo parcerias com diversas organizações locais.

O gerente-geral da Alcoa, Genesis Costa, reafirma a atuação da empresa neste momento de pandemia: “Desde que foi confirmada a pandemia, a empresa se organizou e mobilizou esforços para ajudar a comunidade, seja com ajuda humanitária ou doações para fortalecer a estrutura de saúde em Juruti. Essas ações visam apoiar, principalmente, a população diretamente afetada pelas medidas necessárias para conter a disseminação do novo Coronavírus”.

O que será realizado em Juruti?

Aquisição kits de prevenção ao Coronavírus (álcool gel, informativos e máscaras de confecção caseira);
Aquisição de equipamento de hemodiálise e ampliação de 32 leitos no Hospital 09 de abril;
Aquisição de 04 respiradores para o atendimento de pacientes da Covid-19 no Hospital 9 de abril e Hospital Municipal Francisco Rodrigues Barros, em Juruti.
Trabalho de comunicação informativo e orientativo sobre os cuidados relacionados à prevenção da Covid19;
Entrega de cestas básicas para famílias de comunidades mapeadas nas zonas rural e urbana de Juruti em situação de vulnerabilidade social e baixa renda durante a pandemia da Covid19;
Geração de trabalho e renda através da confecção de máscaras de produção artesanal para prevenção individual;
Entrega de kits contendo informativo, álcool em gel e máscaras de proteção, como fator de redução da desigualdade social;
Qualificação de 200 Agentes Populares de Saúde para apoiar no enfrentamento da pandemia;
Apoio à higienização e desinfecção de superfícies em Postos e Unidades Básicas de Saúde de Juruti, promovendo a prevenção da transmissão de agentes infecciosos;
Mitigação do efeito de danos econômico-financeiros sofridos por agricultores familiares, como forma de facilitar a sua retomada às atividades.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário