Header Ads




Na contramão da crise, Prefeitura de Prainha paga a 1° parcela do 13° salário

Cidade de Prainha, no oeste do Pará — Foto: Reprodução

Mesmo com uma queda progressiva dos repasses federais, resultado da crise em que vive o país, o prefeito Davi Xavier pagou nesta segunda-feira (24) a primeira parcela do 13º salário dos servidores públicos municipais – Ativos e comissionados. Com gestão equilibrada e planejada, Prainha vai na contramão de capitais como o Rio de Janeiro, que anunciou que não conseguirá antecipar o valor para os seus servidores municipais. O pagamento já estará disponível em conta nesta terça-feira 25 de agosto.

Em Prainha, o pagamento do benefício poderia ser feito de maneira integral apenas no fim do ano, mas o prefeito Davi Xavier resolveu antecipar o calendário de vencimentos, demonstrando mais uma vez o seu compromisso com o servidor público municipal, uma das marcas da sua gestão.

A antecipação da primeira parcela do 13º é uma medida importante, pois contribui para incentivar a economia do município de Prainha, prejudicada em virtude da crise provocada pelo novo Coronavírus, garantindo renda para a população. Em Prainha serão injetados mais de R$ 2 milhões na economia da cidade.

O prefeito destaca que isso é possível porque Prainha tem mantido as contas em dia, podendo fazer investimentos e pagar folha salarial pontualmente e até de forma antecipada como é o caso. “Seguimos assim na contramão da maioria das capitais, que realizará o pagamento somente no final do ano, como prevê a lei”, disse Davi Xavier, que tem mantido os salários sempre em dia ou mesmo antecipando pagamentos graças ao planejamento financeiro e rigor fiscal que tem sido marca de sua gestão, mesmo em momentos de crise.

Crise

Segundo a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), a folha de pagamento de pessoal é uma das maiores dificuldades das administrações municipais. De acordo com levantamento, 51% das cidades brasileiras têm dificuldades de pagar os servidores públicos, que com os atrasos deixam as prefeituras com débitos milionários.

Apesar de ser uma obrigação da administração pública manter as suas contas em dia, são destacáveis os gestores que têm conseguido destoar suas cidades do cenário de crise que se enfrenta nacionalmente. No município de Prainha, a gestão Davi Xavier está conseguindo não apenas honrar os compromissos salariais como também adiantar o pagamento, contribuindo para que a economia da cidade permaneça aquecida e em curva ascendente.

Blogdocarpê

Nenhum comentário