Header Ads




Prainha flexibiliza medidas e faz retomada gradual de atividades e serviços econômicos

Cidade de Prainha, no oeste do Pará — Foto: Reprodução

Observando o panorama da Covid-19 em Prainha, no oeste do Pará, a prefeitura decidiu fazer a flexibilização das medidas preventivas e promover a retomada gradual das atividades econômicas e serviços. A decisão com as normas foi pulicada em decreto que entrou em vigor na terça-feira (4).

Conforme o governo, a evolução da doença está ocorrendo de maneira considerada dentro dos padrões observadas as medidas e estratégias adotadas para conter o avanço do coronavírus. Até às 17h de terça-feira, o município tinha 346 casos confirmados e 18 mortes pela Covid-19.

O que muda no município?

A flexibilização é para que a economia volte mais próximo à normalidade, desta forma as atividades econômicas estão liberadas para funcionamento de 7h às 18h, seguindo os protocolos básicos para evitar o contágio de trabalhadores e consumidores. O uso de máscaras é obrigatório para todos.

Em relação a restaurantes, churrascarias, lanchonetes e sorveterias, apenas até 50% de público poderá ser atendido até às 21h dentro dos estabelecimentos. Delivery está liberado até 23h.

Conforme o decreto Nº029/2020, as padarias funcionarão de 6h às 10h e de 15h às 20h. Já postos de combustíveis o horário é de 6h às 21h.

A flexibilização libera centro de estéticas, barbearias, cabeleireiros e salão de beleza para atendimento ao público de 8h às 18h, todos os dias da semana, mas observadas as medidas preventivas. As academias poderão ter até 50% de público para a capacidade de cada espaço.

Transportes

Devido a movimentação de passageiros, seja por rios ou estradas, o decreto tem normas específicas para este setor.


Os limites de passageiros devem obedecer até 50% da lotação de cada embarcação ou veículo terrestre, com a obrigatoriedade de lista de passageiros que devem ser entregues aos fiscais sanitários.

Restrições

Bares, danceterias e jogos de futebol continuam vedados para funcionamento e realização. A prefeitura também restringiu a circulação de pessoas nas ruas e espaços públicos entre 21h às 5h do outro dia.

As exceções são acesso a aquisição de alimentos essenciais e remédios; serviços essenciais; acesso de profissionais essenciais aos seus locais de trabalho.

Em caso de descumprimento haverá aplicação de sanções, incluindo multa:

Advertência;
Multa;
Interdição parcial ou total do estabelecimento;
Cancelamento de autorização para funcionamento do estabelecimento;
Cancelamento do alvará de licenciamento de estabelecimento

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário