Header Ads




Prefeitura atende aproximadamente 9 mil pessoas durante ação itinerante de assistência social na região de rios

A ação iniciou dia 14 de julho e encerrou no dia 07/08. As viagens levaram atendimentos ofertados pelas equipes do Centros de Referência de Atendimento Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Conselho Tutelar e policiais do 35º BPM do Policiamento Comunitário Escolar para comunidades ribeirinhas do Lago Grande; Arapiuns; Rio Tapajós e Baixo Amazonas.

Na primeira viagem, que aconteceu de 14 a 17 de julho, a equipe foi até as comunidades de Piraquara; Curuai; Cabeceira do Uruari e Vila Socorro na região do Lago Grande e atendeu 2.706 pessoas.
Na segunda ação, de 21 a 24 de julho, visitou as comunidades de Cachoeira do Arauã, São Pedro, São Miguel e Vila Gorete – na região do Arapiuns e atendeu 1.578 pessoas.

A terceira ação contemplou a região do Tapajós, de 28 a 31 de julho, e levou atendimentos para 3.148 moradores das comunidades de Boim, Parauá, Cabeceira do Amorim e Capixauã.

O local da quarta e última ação itinerante foi a região do Baixo Amazonas e aconteceu de 04 a 7 de agosto. A equipe visitou Santana do Ituqui; Santa Maria do Tapará; Aritapera e Piracãoera de cima. Nessa ação foram atendidos 1.577 pessoas.

O comunitário Pedro Valente Picanço, vice- presidente do Conselho Municipal de Pesca da região do Urucurituba avaliou a ação.

Crédito: Ascom Semtras“Nos sentimos bem acolhidos ao receber essa ação. Ela chegou na hora certa, aqui na nossa comunidade nós temos muitos problemas para resolver. E a equipe nos trouxe soluções para esses problemas", agradeceu o comunitário.

A coordenadora da ação, Rosiane Matos, informou que foram quatro semanas intensas e gratificantes.

"Quero agradecer a nossa grande e competente equipe e as parcerias que fizeram com que fosse possível a realização dessa ação. Agradecer a secretária Celsa por todo o apoio, as coordenadoras da Proteção Social Básica e Especial e suas equipes, a Polícia Militar, Conselho Tutelar, os presidentes das comunidades, agentes comunitários de Saúde (ACSs), diretores de escolas e aos comunitários que nos receberam de braços abertos e levaram até nós seus anseios. Finalizamos essa grande ação, com a sensação de dever cumprido".

A secretária municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito, informou que durante esse momento de pandemia, além de levar orientações em relação à Covid-19 aos comunitários, os demais atendimentos da Secretaria foram disponibilizados de forma descentralizada aos locais mais distantes e de difícil acesso.

"Foi sem dúvidas um grande desafio, durante essa pandemia. Conseguirmos levar atendimentos a tantas pessoas. Foram quase 9 mil em situação de vulnerabilidade social. Nós agradecemos a todos que estiveram conosco nessa grande ação que alcançou o êxito esperado. Esse é o nosso principal objetivo estar cada vez mais próximos de quem realmente necessita", afirmou a titular da Semtras.

Para o prefeito Nélio Aguiar, a missão da gestão é cuidar da infraestrutura, da educação, mas, sobretudo, das pessoas. "O cuidado com as pessoas é sem dúvida nenhuma a principal função de um governo e isso se materializa quando levamos para mais pertos os nossos serviços".

Fonte Agência Santarém 

Nenhum comentário