Header Ads




Confira datas de pagamento da primeira parcela de R$ 300

O valor caiu pela metade e há regras mais rígidas para definir quem tem direito
Divulgacao

A primeira parcela extra do auxílio emergencial, agora de R$ 300 (ou R$ 600 para mães chefes de família), começará a ser paga a partir de 17 de setembro aos beneficiários do Bolsa Família, seguindo o calendário do programa federal divulgado no início do ano.

Como aconteceu nas parcelas anteriores, os primeiros a receber são aqueles com NIS (Número de Identificação Social) de final 1. No dia seguinte, os de final 2 —e assim sucessivamente.

Vale lembrar que os dois benefícios (auxílio e Bolsa Família) não são cumulativos; o beneficiário recebe apenas o que for de maior valor.

As datas de pagamento para os demais, que estão inscritos no CadÚnico ou se cadastraram no site da Caixa Econômica Federal, ainda não foram divulgadas.

Confira o calendário de pagamento para quem recebe o Bolsa Família:
Divulgação

Como sacar

Os beneficiários do Bolsa Família podem sacar o valor do auxílio por meio do cartão do Programa Bolsa Família, Cartão Cidadão ou por crédito em conta da Caixa.

Prorrogação do auxílio

No início do mês, o governo publicou uma MP (Medida Provisória) que prorroga até o final do ano o auxílio emergencial pago a desempregados e trabalhadores informais de baixa renda durante a pandemia. O valor caiu pela metade e há regras mais rígidas para definir quem tem direito.

Nenhum comentário