Header Ads




Delegada sob suspeita de fraude é exonerada da Polícia Civil

Além dela, outros cinco policiais também foram exonerados, incluindo o corregedor geral da PC
O Governo do Pará exonerou a delegada da Polícia Civil, Quésia Pereira Cabral Dórea, o corregedor geral da PC, Sinélio Ferreira de Menezes Filho, além de outros quatro policias que ocupavam cargos de direção.

As exonerações, que envolvem também uma chefe de gabinete, foram publicadas na edição do Diário Oficial desta terça-feira, 15, e ocorrem após a mudança no comando geral da Polícia Civil do Pará, com as exonerações do ex-delegado geral, Alberto Teixeira, e do adjunto Herbert Renan Silva.

Quésia, que comandou uma operação polêmica de busca e apreensão na casa de blogueiros e jornalistas acusados de criar e divulgar fake news em maio, teve seu nome envolvido em denúncias sobre um grupo que estaria recebendo dinheiro em plantões fraudulentos na gestão de Teixeira.

Além da delega e do corregedor, também foram exonerados hoje Roberto Gomes Neto, diretor de divisão especializada; os diretores José Humberto de Melo Júnior, Marco Antônio Duarte da Fonseca e Samuelson Yoiti Igaki; além de Gersica Raphaela Veiga da Silva, que ocupava o cargo de chefe de gabinete.

Confira:

Fonte Roma News 

Nenhum comentário