Header Ads




Mais de 66 mil pessoas entraram na Justiça contra auxílio de R$ 600 negado

Crédito: Agência Pará.
Pouco mais de 66 mil brasileiros entraram na Justiça para contestar a análise do governo federal sobre o auxílio emergencial de R$ 600.

Esse número representa mais da metade (55%) das 120 mil ações impetradas na Justiça relacionadas à pandemia do novo coronavírus.

Os dados foram extraídos de plataforma do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que tem publicado o total de ações judiciais durante a pandemia.

Ao todo, cerca de 64,2 milhões de cadastros foram considerados inelegíveis pelo governo federal, segundo dados da Dataprev.

Desse total, 24,4 milhões são menores de idade e, portanto, não têm direito ao benefício. Eles foram analisados por estarem no Cadastro Único ou no Bolsa Família.

Esse elevado número de pessoas fez com que o Ministério da Cidadania firmasse parceria com o CNJ para dar celeridade aos processos sobre o auxílio.

O acordo foi firmado nessa segunda-feira, 31. Agora, a Dataprev fornecerá ao CNJ bases usadas para chegar ao resultado do processamento.

Fonte: Metrópoles.

Nenhum comentário