Header Ads




Operação da Alcoa impulsiona fortalecimento da economia e transforma vidas em Juruti

Alcoa também prioriza a rede de negócios locais, comprando bens e serviços diretamente de empresas e fornecedores de Juruti
Mina de bauxita da empresa há onze anos contribui com geração de empregos e aquecimento da economia local

Histórias de vida têm sido transformadas em Juruti, no Oeste do Pará, por meio do trabalho e do fortalecimento da economia. O número de empregos formais deu um salto de mais de 3000%, passando de 185, no ano 2000, para 5.894 em 2017, de acordo com o último levantamento do IBGE. Além dos empregos, a economia de Juruti é aquecida por uma rede de negócios de bens e serviços, que contribui, por exemplo, para a elevação do Produto Interno Bruto (PIB), que passou de R$ 90 milhões em 2005 para R$ 940 milhões em 2016, aumento real de 940%.

Marciellen Nina Nunes, 38 anos, é natural de Juruti. Mãe de cinco filhos, ela conseguiu avançar profissionalmente após realizar um curso no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Hoje é técnica em Eletromecânica e trabalha na função de Mecânica de Vulcanização da Alcoa Juruti. “Vi no curso do Senai a oportunidade de recomeçar profissionalmente, pois eu tinha concluído o ensino médio e com essa formação não tinha perspectiva de emprego. Na dificuldade, cheguei até a lavar uniformes de funcionários de empresas que prestavam serviço na construção do Projeto Juruti. Foi maravilhosa a experiência de conseguir uma nova profissão e entrar para a Alcoa. Pretendo me qualificar para as novas oportunidades que possam surgir dentro da empresa”, revela.

Jorgeane Almeida nasceu em Oriximiná, município vizinho a Juruti, e saiu ainda nova para buscar qualificação. Formou-se em Engenharia Florestal e conseguiu um estágio na Alcoa. Hoje exerce a função de Supervisora de Meio Ambiente. “Minha trajetória profissional se iniciou em Juruti, no ano de 2009, ainda como estagiária. Aprendi bastante e continuo aprendendo. Costumo dizer que a Alcoa e Juruti marcaram para sempre minha história, pois foi aqui que construí minha família, consegui meu primeiro emprego depois de formada, além de muitas realizações”, diz a supervisora que, sob sua gestão, inaugurou um Centro de Reabilitação de Animais Silvestres este ano na empresa e vem cuidando também de todo o processo de reflorestamento das áreas mineradas.

Os exemplos de Marciellen e Jorgeane mostram que ao longo de 11 anos, histórias de vida têm sido transformadas por meio do trabalho e o mais importante, com valorização expressiva da mão de obra local e regional, além da presença feminina, comprovando o respeito à diversidade vivenciado na empresa, que foi premiada como Melhor Empresa em Diversidade, segundo o Guia EXAME este ano.

“Muitas pessoas aprenderam novas profissões e transformaram suas vidas. Temos muitas histórias de pessoas que viram suas vidas serem realmente transformadas a partir da chegada da Alcoa. Atualmente contamos 1.926 colaboradores diretos e indiretos, destes 80% são paraenses e 42,5%, ou seja, 655 trabalhadores, são jurutienses. Hoje temos 23% de mulheres ocupando postos de trabalho e muitas delas em posição de liderança”, relata o gerente de Recursos Humanos da Alcoa Juruti, José Luiz Júnior.

Economia fortalecida

A Alcoa também prioriza a rede de negócios locais, comprando bens e serviços diretamente de empresas e fornecedores de Juruti, movimentando e fortalecendo a economia.

“A Alcoa gira a economia direta e indiretamente, porque os funcionários compram em Juruti. Eu acredito que a economia evolui através da presença da empresa”, ressalta Moacir Borges, proprietário de um supermercado na cidade.

A opinião é compartilhada por Lindenberg Benitah, proprietário de uma farmácia. “Quando a Alcoa veio para Juruti, a economia se fortaleceu. O comércio ficou bastante aquecido, muitos empregos foram gerados, o exemplo é aqui na minha drogaria. Antes da chegada da empresa eu tinha um funcionário, hoje temos três colaboradores. Sem contar, também, que nós temos um convênio com o E-Pharma que conseguimos fazer contando com a parceria da Alcoa. Hoje, os funcionários da empresa que possuem o cartão do convênio compram diretamente conosco”, explica.

O gerente de Compras da Alcoa Juruti, Naum Pinheiro, ressalta que sempre foi uma política da Companhia valorizar as empresas e os fornecedores locais, e após o surgimento do projeto de operação da mina de bauxita da Alcoa houve um incremento importante no comércio de bens e serviços para no Baixo e Médio Amazonas e, principalmente, no município de Juruti.

“Nesse período de 11 anos, a aquisição de bens e serviços pela Alcoa, por empresas legalmente constituídas, mais do que quadruplicou. Vale ressaltar que a empresa sempre contribui para impulsionar um ciclo virtuoso de geração de emprego e renda no município onde opera. Além disso, há os incrementos indiretos das compras feitas pelas empresas parceiras e a injeção de receita no comércio local, que é a consequência natural do aumento do número de consumidores na cidade”, destaca.

Para o gerente-geral da Alcoa Juruti, Genesis Costa, a maior conquista para a Companhia nesses 11 anos de operação foram os notáveis avanços nas mais diferentes áreas no município de Juruti. “Nossa operação em Juruti tem sido um projeto inovador de mineração na Amazônia. Integrado à comunidade, empregamos elevados padrões de cuidado com o meio ambiente, segurança nas operações para as pessoas que trabalham conosco, e a integração e desenvolvimento compartilhado com a comunidade. Todas essas conquistas só foram possíveis através da parceria com o Poder Público, entidades não governamentais e a iniciativa privada”, declara.

Fonte: Portal Santarém e Ascom/Alcoa

Nenhum comentário