Header Ads




Alvo de mandados judiciais, PM suspeito de participar de roubo de ouro se apresenta no Fórum de Santarém

Thaliandreson Junio se apresentou no Fórum de Justiça e teve a prisão mantida — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O soldado PM Thaliandreson Junio Pereira Alves, apontado como um dos integrantes do bando que roubou 15kg de ouro em Santarém, oeste do Pará, no domingo (27), se apresentou na tarde desta sexta-feira (2), ao juiz plantonista Rômulo Nogueira de Brito, no momento em que a Polícia Civil estava nas ruas para cumprir mandados de prisão, busca e apreensão na casa do policial, como parte da operação “15K”.

Após se apresentar ao juiz plantonista, Thaliandreson passou por audiência de custódia e teve a prisão mantida por Rômulo de Brito. Em seguida foi encaminhado ao CPC Renato Chaves para exame de corpo de delito e de lá vai para o Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura, onde já estão presos também por suspeita de envolvimento no roubo do ouro: sargento Ivan da Silva Passos, o cabo Márcio Costa, o segurança Francinaldo da Silva Passos e o cabo Alessandro Rocha, que se apresentou na 16ª Seccional de Polícia na quarta-feira (30).

De acordo com informações do delegado Gilvan Almeida, da especializada de Roubos, a polícia os 9 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em diferentes endereços, onde foram apreendidos: rádios, munições, pistola e silenciador de pistola. Outros materiais ainda estão sendo analisados pela polícia.

Entenda o caso

Uma carga de 15kg de ouro em barras foi roubada na noite de domingo, quando o minério era transportado em uma veículo para uma empresa de compra e venda de ouro. Na Vila Arigó, o veículo foi parado por um grupo que se apresentou como sendo da Polícia Federal. O responsável pelo transporte da carga depois foi informado que se tratava de um assalto e já no bairro Prainha, na Rua Antônio Simões, conseguiu pular de dentro do veículo e buscou abrigo em uma residência onde acontecia um velório.

As investigações iniciaram na segunda-feira, após o caso ser registrado na seccional de Polícia Civil. No dia seguinte foram presos: cabo PM Márcio Costa e sargento Ivan da Silva Passos, além do segurança Francinaldo da Silva Passos foram presos na terça-feira (29).

Do ouro roubado, apenas 2 quilos de ouro haviam sido recuperados. A carga tem valor estimado de mais de R$ 5 milhões.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário