Header Ads




Campanha do MPT em Santarém (PA) conscientiza sobre prevenção e gravidade de acidentes elétricos

Projeto abrangeu visitas às empresas Equatorial Energia, CGB Engenharia e Endicon, promovendo distribuição de material informativo, orientações sobre saúde e segurança do trabalho e sobre notificação de acidentes
Santarém (PA) – O “Projeto de Conscientização para a Prevenção de Acidentes em Serviços de Alta Tensão” alertou os trabalhadores que atuam no setor elétrico quanto aos riscos e a importância do uso adequado dos equipamentos de proteção individual. As atividades do projeto foram divididas em três etapas, obedecendo protocolos de segurança para a prevenção da Covid-19. A equipe técnica do Centro de Referência responsável pela campanha era composta por técnica em enfermagem, enfermeira, técnica em saúde e segurança no trabalho, fonoaudióloga e psicóloga.
Em todas as etapas, houve distribuição de material informativo, orientações sobre saúde e segurança no trabalho e sobre notificação dos acidentes. Foram visitadas as empresas Equatorial Energia, CGB Engenharia e Endicon.

Riscos da Atividade – Os riscos de acidentes no setor elétrico são grandes. Os trabalhadores que atuam em qualquer etapa - geração, transmissão, distribuição e consumo de energia elétrica - precisam de orientação, equipamentos adequados e cursos de qualificação e segurança no trabalho constantemente.

Os riscos aumentam com o uso de fiação imprópria; rompimento de linhas por queda de galhos, por exemplo; falta de aterramento do material elétrico; danos causados aos isolantes dos fios; corrosão dos contatos e até mesmo envelhecimento do material.

A intensidade da corrente elétrica, o caminho percorrido pela eletricidade no corpo e a duração do choque determinam a extensão e gravidade das lesões que vão de choques, queimaduras e quedas e, em casos ainda mais graves, podem provocar até a morte do trabalhador (eletrocução).

De acordo com a Procuradora do Trabalho em Santarém, Tatiana Amormino, “o Ministério Público do Trabalho atua na defesa de um meio ambiente do trabalho seguro e na redução dos riscos do trabalho por meio do respeito às normas de segurança. A campanha foi realizada em razão do alto índice de acidentes, muitos deles fatais, no sistema elétrico de potência no Oeste do Pará”.

Fonte MPT

Nenhum comentário