Header Ads




Com projeto de substituição de frota de transportes em minas, MRN ganha prêmio nacional

Implantando esse projeto, a empresa aumentou a segurança e reduziu custos na logística de minério em operação de bauxita no oeste do Pará.
Engenheiros Marcos Gonçalves e Igor Ribeiro, da MRN — Foto: Ascom MRN/Divulgação

O projeto de substituição da frota que realiza o transporte de bauxita nas minas da Mineração Rio do Norte (MRN), em Oriximiná, no oeste paraense, foi apresentado e premiado em um workshop no 22º Prêmio de Excelência da Indústria Minero Metalúrgica na categoria “Redução de custos operacionais”. Este trabalho concorreu com outras 91 iniciativas de empresas de todo o Brasil.

O prêmio foi concedido a mineradora durante o evento realizado na terça (20) e quarta-feira (21), em Minas Gerais. O case “Redução do custo da operação de transporte de bauxita nas minas da MRN”, apresentado pelo engenheiro Marcos Gonçalves, abordou a experiência positiva da empresa na implantação de caminhões semirreboque, com capacidade de transporte de 70 toneladas, como alternativa para a substituição da frota de transporte da empresa em 2019, o que também gerou mais segurança para os colaboradores.

“Com maior capacidade de carga, esta alternativa proporcionou mais produtividade na etapa de transporte de minério, reduzindo o custo por tonelada transportada”, comentou Marcos.

Para tornar bem sucedida essa experiência, o projeto contou com a participação de uma equipe multidisciplinar, formada por empregados das áreas de Manutenção, Operação de Mina e Instrução Operacional.

Segundo o engenheiro, na primeira fase, o custo de redução de gastos foi de R$ 79 milhões para o ciclo de 2020 até 2024. “A estimativa de redução para a segunda fase é de R$ 306 milhões. Paralelamente, o maior benefício não financeiro deste projeto é a diminuição de exposição ao risco dos empregados, já que haverá uma redução na circulação de 44 caminhões trafegando diariamente, o que representa uma redução de 30% na exposição aos riscos”, relatou.

A MRN já foi premiada outras três vezes com o Prêmio de Excelência da Indústria Minero Metalúrgica e destaca a importância da conquista atual. Sobre a participação no workshop Redução de Custos 2020, o engenheiro disse ser muito importante a troca de experiências e conhecimentos com profissionais de outras empresas.

Além dos benefícios já citados, há também uma redução significativa na exposição ao risco de colisão e emissão de gases atmosféricos, com menos caminhões transitando.

Inovações tecnológicas

Entre os investimentos tecnológicos, a empresa conta com um trator semiautônomo que será operado remotamente, aplicativos de gestão e controle de qualidade, drones para topografia e para monitoramento e inspeções, novos sistemas que simulam a cadeia produtiva e a qualidade e plataformas para aprimorar a comunicação e a tomada de decisão mais assertiva.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário