Header Ads




Justiça determina que funcionários do Banpará que pertencem ao grupo de risco sejam afastados das suas atividades

 Em caso de descumprimento, a instituição terá que pagar multa de R$500 mil



A Justiça do Trabalho determinou que o Banpará mantenha os funcionários que pertencem ao grupo de risco da covid-19, afastados das suas respectivas atividades em todas as agências do Estado, até que o mesmo entre no status de bandeira azul na pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o documento expedido pela Justiça, o Banco deve afastar os integrantes dos grupos de risco do trabalho presencial em suas agências e demais unidades, em caráter imediato, devendo os mesmos voltarem ao trabalho remoto. Em caso de descumprimento, a instituição deverá pagar multa diária de R$500 mil a cada mês de inobservância.

Ainda de acordo com o documento, os funcionários só evem retornar ao trabalho quando a região e municípios em que a agência estiver situada, esteja classificada como bandeira azul, o que ainda não se verifica em nenhuma região do estado do Pará, conforme Decreto Estadual nº 800/2020.

Nenhum comentário