Header Ads




MPF cobra punição para dono de loja que provocou aglomeração na inauguração em Belém


Crédito: Rede sociais 

O Ministério Público Federal (MPF) exigiu do governo do Pará medida para punir o empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, pela “cena de barbárie” na inauguração de uma unidade em Belém, no dia 10 de outubro. A informação foi publicada pelo portal Estadão.

O evento provocou tumulto e aglomerações sem os cuidados mínimos de distanciamento social. A unidade foi inaugurada pelo próprio Luciano Hang.

A Procuradoria também quer explicações do governo sobre o aumento do número de casos de Covid-19 no estado. Entre os questionamentos “estão prazos para a análise de risco dos municípios do Estado e ações de fiscalização de regras sanitárias e de distanciamento social”.

Fonte: O Antagonista

Nenhum comentário