Header Ads




Eleitor decide neste domingo a quem entrega Santarém: a Nélio ou Maria


O município de Santarém, no Baixo Amazonas, volta às urnas neste domingo, 29, para eleger prefeito. Essa é a primeira vez em que há segundo turno em eleição municipal no Pará, fora de Belém. A disputa só ocorre em cidades com mais de 200 mil eleitores. Neste ano, há 221.537 pessoas aptas a votar em Santarém.

No primeiro turno, a contabilização dos votos encerrou por volta das 23h, com 174.472 votos, sendo 166.449 votos válidos. Nélio Aguiar alcançou 71.594 (43,01%) e Maria do Carmo 60.051 votos (36,08%). 47.065 faltaram no primeiro turno. Brancos e nulos somaram mais de 8 mil.

Conheça o perfil dos candidatos:

Maria do Carmo (PT):

Maria do Carmo Martins é promotora de Justiça aposentada e por alguns anos também atuou como professora universitária. Sua primeira disputa política ocorreu no ano de 1996, quando concorreu ao cargo de prefeita de Santarém, mas naquele pleito não venceu as eleições. Foi eleita deputada estadual no ano de 1998. Já em 2000, foi novamente a candidata do PT para a prefeitura.

Maria também foi candidata do PT ao governo do estado do Pará, no ano de 2002, chegando ao segundo turno com mais de 850 mil votos.

Em 2004, Maria foi eleita prefeita de Santarém com 45,16% dos votos e reeleita no ano de 2008. Em 2012, no fim de seu mandato se desfiliou do PT para concluir a carreira de promotora de Justiça do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA). Já aposentada, em março de 2020 voltou ao partido colocando seu nome à disposição para as eleições municipais.

Nélio Aguiar (DEM)

O médico Nélio Aguiar tem 51 anos. Aos 17 anos foi aprovado no curso de medicina da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Na carreira política, começou em 2008 quando foi eleito vereador com 4.363 votos, tornando-se presidente da Câmara no primeiro semestre de 2009. Em 2010 recebeu 19.151 votos para deputado estadual, sendo o 1º suplente, assumindo o mandato em 2012. Já no ano de 2014, como candidato a deputado federal recebeu 84.601 votos.

Em 2016, foi escolhido para ser o prefeito de Santarém com a maior votação da história do município, 96.034 votos. Foi presidente da Federação das Associações dos Municípios do Pará (Famep).

Fonte: G1

Nenhum comentário