Header Ads




Após quase 800 anos, 'Estrela de Natal' poderá ser vista entre os dias 16 e 21 de dezembro


Se você achou que as surpresas de 2020 haviam acabado, se enganou. Do dia 16 ao dia 21 de dezembro um fenômeno raro conhecido como “Estrela de Belém” ou “Estrela do Natal" poderá ser visto do Brasil e de praticamente toda a terra. O fenômeno será o alinhamento de Júpiter e Saturno, que estarão próximos e devem parecer um planeta duplo (dois pontos brilhantes).

Segundo astrônomos, Júpiter e Saturno estiveram tão próximos pela última vez em 1623. O fenômeno mais similar, porém, ocorreu no século 13, há quase 800 anos.

No último dia do período, 21 de dezembro, a distância entre eles deve ser ainda menor. O fenômeno ficará visível após o pôr do sol. Os dois planetas só estiveram tão perto nos anos 1623 e 1226, ou seja, séculos atrás.

As conjunções são raras porque cada planeta demora um tempo diferente para girar em torno do sol. A Terra, por exemplo, leva 1 ano. Já os planetas Júpiter e Saturno completam a volta em cerca de 12 e 30 anos, respectivamente.

Para observar o fenômeno devemos olhar na direção do pôr do sol. Logo depois do pôr do sol, a gente vê um pouco mais acima do horizonte. Fica mais visível num horizonte mais limpo.

Fonte: G1

Nenhum comentário