Header Ads




Incidente com vagões na ferrovia de mineradora causa danos materiais em Juruti


Crédito: Redes Sociais

Um trem da mineradora Alcoa descarrilhou na manhã desta terça-feira, 1º, na Estrada de Ferro que liga a mina de extração de bauxita ao terminal de desembarque, às margens do rio Amazonas.

A acidente não teve vítimas fatais. Foi registrado apenas danos materiais, informação confirmada pela mineradora.

A ferrovia tem cerca de 55 km de extensão e opera com 40 vagões, cada um com capacidade de 80 toneladas.

A empresa se manifestou por meio de um comunicado oficial:

"A Alcoa comunica a ocorrência de um incidente sem lesão na noite de ontem, 30, na ferrovia, no pátio do terminal portuário, na área industrial da empresa, em Juruti (PA). O maquinista e auxiliar de operação ferroviária que estavam a bordo do trem estão bem. O incidente não causou obstrução dos acessos comunitários. A locomotiva, na chegada no porto, estava em velocidade reduzida e acionou o freio de emergência ao avistar a outra composição no pátio. Entretanto houve colisão e tombamento de 4 vagões vazios.

O poder público e a comunidade local foram informados sobre o fato, e a empresa trabalha na retirada segura dos vagões tombados e seguirá com os procedimentos de investigação do incidente.

A Alcoa Juruti opera sob os mais rigorosos padrões de segurança que incluem a capacitação de todos os profissionais e inspeções permanentes. A Companhia desenvolve, também, um programa preventivo de educação e segurança da operação da ferrovia voltado à comunidade, orientando sobre os cuidados na ferrovia, incluindo as faixas de segurança e servidão da linha férrea."

Nenhum comentário