Header Ads




Morre no HMS jovem ferida a golpes de faca pelo companheiro na comunidade São José, em Santarém

O autor do feminicídio fugiu logo após atentar contra a vida da companheira que tinha apenas 18 anos e deixa um bebê de nove meses.
Diego vivia com Ingrid Silva de Sousa há cerca de um ano. Ele é procurado por feminicídio — Foto: Reprodução/O Impacto

O Hospital Municipal Dr. Alberto Tolentino Sotelo (HMS) confirmou na tarde desta segunda-feira (28), o falecimento da jovem Ingrid Silva de Sousa, de apenas 18 anos, vítima de ferimentos provocados por faca. Ingrid foi vítima da ira do companheiro na noite de domingo (27), na comunidade São José, região do Planalto, em Santarém, oeste do Pará.

De acordo com nota do HMS, Ingrid deu entrada naquela unidade ainda no domingo em estado grave devido aos ferimentos.

Familiares e amigos próximos relataram que a jovem foi golpeada ao menos seis vezes, mesmo assim ainda conseguiu correr com o filho de nove meses no colo e foi pedir ajuda na casa de uma amiga. O companheiro de Ingrid, identificado apenas como Diego, ainda tentou entrar na casa onde a companheira buscou socorro, como não abriram a porta, ele acabou fugindo para o meio da mata.

Uma amiga de Ingrid, que pediu para não ter o nome revelado por temer represália por parte de Diego, contou que o casal tinha ido para o passeio no domingo, e à tarde, quando retornavam para casa, de ônibus, um colega de Ingrid a cumprimentou, o que teria despertado ciúmes em Diego.

Depois que chegaram em casa, houve discussão, e Diego teria começado a agredir a companheira, partindo pra cima dela com uma faca. O casal estava junto há cerca de um ano.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário