Header Ads




Pesquisa mostra quanto cada paraense recebeu da União no combate à covid-19

Os dados foram divulgados pelo site Metrópoles, com base no Monitoramento dos Gastos da União com Combate à Covid-19
Crédito: Agência Brasil 

Uma pesquisa divulgada pelo site Metrópoles, com base no Monitoramento dos Gastos da União com Combate à Covid-19, revelou que, em média, o Brasil disponibilizou R$ 209,48 para cada habitante, no enfrentamento à pandemia. O montante levou em consideração somente as verbas destinadas aos estados.

O Governo Federal liberou R$79,19 bilhões para o auxílio financeiro a estados, municípios e ao Distrito Federal. Deste valor, já foram pagos R$78,25 bilhões. As unidades federativas ficaram com grande parte da fatia, 56,64% (R$45,8 bilhões), o excedente foi distribuído entre as cidades brasileiras.

De acordo com o levantamento, o Pará, habitado por 8.690.745 brasileiros, ocupa a 17ª posição do ranking de estados que receberam os maiores investimentos. Segundo o estudo, foram disponibilizados pela União o auxílio financeiro de R$1.850.732.653,00 ao Estado do Pará. Ou seja, para o combate à pandemia do novo coronavírus, cada cidadão paraense recebeu R$212,95.

Rondônia, também na região Norte, ficou na primeira posição, recebendo R$626.2 de auxílio financeiro, disponibilizando, assim, R$992 para cada rondoniense. O estado possui 631.181 habitantes. Já o Rio de Janeiro, que tem a maior taxa de mortalidade por 100 mil habitantes (136), é a segunda unidade da Federação que menos recebeu recursos por pessoa na pandemia.

A quantidade de leitos de UTI, a taxa de incidência de covid-19 por 100 mil habitantes e a infraestrutura e capacidade logística para recebimento de ventiladores foram levados em consideração para a transferência de recursos financeiros, estabelecida na Portaria nº 1.666.

Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário