Header Ads




Polícia Civil prende pai acusado por estupro e morte da filha de três anos em Altamira

Augusto Nascimento Duarte, de 19 anos, foi preso após dois meses de investigação
Crédito: Reprodução 

Na manhã deste sábado, 26, o pai de Ângela Maria, de 3 anos, foi preso após dois meses de investigação. Segundo a Polícia Civil, Augusto Nascimento Duarte, de 19 anos, é o principal suspeito de estuprar e matar a filha, na madrugada do dia 13 de Outubro deste ano, em Altamira, sudoeste paraense.

De acordo com a PC, Augusto foi detido na casa da sogra em Altamira. Para concluir que o pai da menina poderia estar envolvido no crime, os investigadores encontraram o celular dele próximo ao corpo da criança, foi então que o aparelho passou por perícia.

As investigações constataram que, no dia anterior ao crime, Augusto pesquisou em sites pornográficos com o tema “como estuprar a própria filha dormindo”. As provas de assassino da filha são técnicas e só foram reveladas por meio dos resultados de perícias realizadas no corpo da menina, no acusado e no celular dele. Outro detalhe que chamou atenção dos peritos é que havia um jogo aberto no aparelho do pai, a polícia acredita ser a estratégia do pai para atrair Ângela ao local do crime.

Segundo a polícia, no dia do crime, a criança dormia no lado de fora da casa com o próprio pai e a mãe em redes diferentes. Desta forma, era fundamental descobrir como a menina teria sido levada do local sem que houvesse uma reação dela. Ângela Maria foi encontrada morta em uma área de mato próximo da casa e com sinais de estupro.

A perícia constatou que a criança morreu por traumatismo craniano. Ao ser questionada sobre o comportamento do companheiro, a mãe da criança disse que ele agia normalmente

Fonte: Confirma Notícia

Nenhum comentário