Header Ads




Acidente aéreo mata presidente e jogadores de clube que disputa a Copa Verde


Crédito: Reprodução / Internet

O futebol brasileiro mais uma vez está de luto! Um avião de pequeno porte caiu logo depois de decolar, neste domingo, 24, no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação, em Palmas, e não houve sobreviventes.

O acidente aéreo vitimou Lucas Meira, empresário e presidente do Palmas, os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, e o comandante Wagner.

Todos viajavam para Goiânia, onde o Palmas enfrentaria o Vila Nova nesta segunda-feira, 25, pelas oitavas de final da Copa Verde. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) deverá adiar o jogo.

ORAÇÕES!

O acidente, segundo nota oficial do Palmas, ocorreu por volta das 8h15 deste domingo. "Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará o devido apoio, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar", diz o clube tocantinense.

O Vila Nova, adversário do Palmas na Copa Verde, também se manifestou nas redes sociais.

"O Vila Nova deseja que todos os amigos e familiares das vítimas sejam consolados no colo do Pai neste momento de tamanha angústia e tristeza. O clube afirma, ainda, que corroborará com o adiamento da partida e fará homenagem aos ocupantes no jogo da próxima quinta-feira, 28, pelo Campeonato Goiano", diz a nota do time goiano.

Na primeira fase, o Palmas eliminou o Real Noroeste ao vencer, por 2 a 0, no Nilton Santos, na capital do Tocantins.

Com informações Portal Futebol Interior

Nenhum comentário