Header Ads




Arquidiocese de Santarém recomenda mais celebrações com número limitado de pessoas


Crédito: Padre Sidney Canto/Arquivo pessoal

A Arquidiocese de Santarém, oeste do Pará, emitiu neste sábado, 23, nova atualização do protocolo arquidiocesano a respeito das medidas de prevenção contra a Covid-19, que recomenda às paróquias que ofereçam, na medida do possível, o maior número de celebrações, com missas em mais horários ao longo do dia.

A recomendação se dá em razão da limitação de público nas igrejas e templos religiosos obrigado por decreto municipal nº 296/2021 emitido pela Prefeitura de Santarém na noite de ontem, 22.

O protocolo arquidiocesano diz que, “as Paróquias e comunidades devem oferecer, na medida do possível, o maior número de celebrações, multiplicando os horários das Missas. Onde e quando for possível, deve-se dar preferência às celebrações campais, ao ar livre. Recomenda-se ainda, que as celebrações litúrgicas, continuem sendo transmitidas pelas redes sociais para que os fiéis possam participar de suas casas e com suas famílias”.

O protocolo diz também que os sacerdotes, diáconos e religiosos com idade superior a 60 anos ou que se encontram no grupo de risco, estão dispensados de presidir as celebrações litúrgicas. A responsabilidade das celebrações é transferida aos ministros mais jovens.

Com o objetivo de dar orientação aos fiéis, permanecem funcionando normalmente a Cúria Metropolitana, o Centro Arquidiocesano de Pastoral e as secretarias das Paróquias e Áreas Pastorais.

Nenhum comentário