Header Ads




Delegado de polícia intima DJ que convocou ato contra lockdown em Santarém

Joubert Pereira, o DJ, foi intimado pelo delegado Kleidson Castro
Crédito: Reprodução Sociais 

O DJ Joubert foi intimado neste domingo (31) pelo delegado Kleidson Castro, da Polícia Civil do Pará, a comparecer hoje, às 16h, na 16ª Seccional Urbana de Santarém (PA).
Joubert Pereira é um dos líderes da manifestação marcada para amanhã (1º), às 7h30, contra o lockdown decretado neste sábado (30) pelo governador Helder Barbalho em todos os municípios no Baixo Amazonas e Calha Norte, para conter o avanço da covid-19 nas duas regiões que fazem divisa com o estado do Amazonas

Ao Blog do Jeso, neste domingo, o disk-jóquei fez críticas ao bloqueio total e à condução que os governos estadual e municipal estão dando à epidemia virial. Além de convidar a população para participar do protesto contra o bloqueio total.

Com o lockdown, que passará a vigorar nos primeiros minutos da madrugada desta segunda-feira (1º), atos públicos de qualquer natureza estão proibidos nas duas regiões.

A intimação do delegado ao DJ

 A convocação para o ato de protesto

Entenda 

Ontem (30), o governador Helder Barbalho (MDB) mudou o bandeiramento de covid-19 no Baixo Amazonas e Calha Norte – de vermelho para preto. O prefeito Nélio Aguiar, de Santarém, e os demais das duas regiões estão atualizando as medidas restritivas, com lockdown, nos seus respectivos municípios.

“Convido todos vocês que estão sendo prejudicados pelos governos municipal e estadual com esses lockdowns baratos que estão fazendo aí”, convocou o DJ Joubert em vídeo veiculados nas redes sociais.

De camisa branca com listas pretas, “por me sentir prisioneiro e escravo desses governos que estão aí”, Joubert Pereira se sustenta com aluguel de aparelhagem, promovendo e tocando em festas e eventos.

 Lockdown! Governador acaba de colocar Baixo Amazonas na bandeira preta para covid-19

“Não estou reivindicando só o meu pão não. Tenho fôlego [financeiro] para aguentar pelo menos um mês parado. Mas e as pessoas que trabalham em bar, que tocam na noite vão fazer o que para se sustentar com o lockdown? O auxílio [emergencial] acabou”, disse ao Blog do Jeso nesta manhã de domingo (31).

“Eu sempre cumprir as exigências [sanitárias] do governo. Mas o governo não cumpre essas exigências, desrespeitando aglomerações, por exemplo. Isso é notório”. 

Blogdocarpê com informações Blog do Jeso

Nenhum comentário