Header Ads




Governo inclui caminhoneiros no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19

Inclusão dos trabalhadores de transporte ocorre em meio à ameaça de paralisação da categoria
Crédito: © Marcelo Camargo/Agência Brasil

Após a categoria agendar paralisação geral para o próximo dia 1º de fevereiro, o Governo Federal incluiu os caminhoneiros e outros profissionais da a?rea de transporte no grupo priorita?rio na campanha de vacinac?a?o contra a covid-19. O novo informe técnico, divulgado nesta semana no perfil oficial no Instagram, o Governo acrescentou ao grupo trabalhadores dos setores rodoviário, ferroviário, portuário, aquaviário e aéreo.

Também entram na lista portua?rios, incluindo aqueles que atuam na a?rea administrativa, funciona?rios das companhias ae?reas nacionais, de empresas metroferrovia?rias de passageiros e de cargas, de empresas brasileiras de navegac?a?o e motoristas e cobradores de transporte coletivo rodovia?rio de passageiros urbano e de longo curso.

"A vacinac?a?o ja? comec?ou pelo primeiro grupo priorita?rio, que inclui trabalhadores de sau?de, as pessoas com deficie?ncia e as pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas e populac?a?o indi?gena aldeada. Outros grupos priorita?rios sera?o vacinados nas pro?ximas etapas da campanha", diz a publicação.

Confira:



Os caminhoneiros protestam contra a alta do preço do combustível (em dezembro, o óleo diesel S10 era encontrado, em média, a R$ 3,683 no país, segundo dados da ANP) e o projeto de lei (PL) da BR do Mar.

Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário