Header Ads




Mais 180 cilindros de O² chegam a Santarém para serem distribuídos a municípios do oeste do PA

O oxigênio, que é utilizado no tratamento de pacientes acometidos da Covid-19, seguiu do aeroporto para um terminal fluvial, onde lanchas aguardavam para levar a carga para outras cidades.
Cilindros foram transportados em lanchas de Santarém para os municípios da região — Foto: Ronilma Santos/Divulgação

Chegou ao Aeroporto Internacional Maestro Wilson Fonseca, em Santarém, no oeste paraense, na madrugada deste sábado (30) mais uma remessa de cilindros hospitalares para abastecer as unidades de saúde dos municípios do oeste do Estado.

Os 180 cilindros com 10 metros cúbicos (m³) de oxigênio medicinal comprimido fazem parte de uma encomenda de 500 cilindros feita pelo Governo do Pará. Este foi o segundo abastecimento de oxigênio destinado à região nos últimos cinco dias. Na terça-feira (26), a mesma quantidade foi entregue em Santarém. Ao longo da semana, mais 140 cilindros devem chegar ao município.
Carga de cilindros de O² chegaram a Santarém na madrugada deste sábado, 30 — Foto: Agência Pará/Divulgação

O oxigênio, que é utilizado no tratamento de pacientes acometidos da Covid-19, seguiu direto do aeroporto para um terminal fluvial, onde lanchas fornecidas pela mineradora Alcoa aguardavam para levar a carga para outras cidades.

“Temos mais 180 cilindros chegando e sendo distribuídos para 10 municípios da região, para cidades que precisam neste momento. Essa é uma ação em que todos precisamos estar unidos para não faltar oxigênio durante esta pandemia”, disse o secretário Regional de Governo do Oeste do Pará, Henderson Pinto.

Para desembarcar a carga uma equipe formada por integrantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiro, Exército Brasileiro e funcionários da Infraero (Empresa de Infraestrutura Aeroportuária) estiveram no Aeroporto. A logística de entrega dos cilindros foi planejada considerando as principais rotas de acesso às cidades.

Veja como foram distribuídos os cilindros de O² para os municípios da região:

Almeirim - 10 cilindros;
Monte Alegre - 10 cilindros;
Juruti - 40 cilindros (20 para o Hospital Municipal);
Óbidos - 15 cilindros (10 para Santa Casa);
Santarém - 40 cilindros;
Terra Santa - 15 cilindros;
Faro - 10 cilindros;
Itaituba - 20 cilindros;
Rurópolis - 10 cilindros;
Alenquer - 10 cilindros.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário