Header Ads




Mais de sete mil agentes de segurança vãos às ruas durante o Enem no Pará

Eles estarão mobilizados para atuarem nos próximos dois finais de semana.
Crédito: Ricardo Amanajás/Agência Pará

A Operação Enem, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) e pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), já está pronta para dar apoio na realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2020, em todo o Estado. Todos os envolvidos irão colaborar com a logística na segurança da distribuição das provas nas duas fases do certame nacional, dias 17 e 24 de janeiro. No Pará, cerca de 330 mil estudantes farão o Enem.

As ações envolveram, de forma integrada, representantes de diversas instituições, como Correios, Exército, Polícias Civil e Militar, Grupamento Aéreo e Fluvial da Segup, Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Guardas Municipais, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Equatorial (concessionária de energia elétrica) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que realiza o certame.

Já no sábado, 16, o Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) fará o transporte das provas para a cidade de Anajás, no arquipélago do Marajó. A viagem até o local é feita somente de barco e leva dois dias, com o modal aéreo, o traslado ocorre em apenas uma hora.

Nos dias das provas, as ações iniciarão às 6h com a escolta das provas pela Polícia Militar e no deslocamento dos malotes, até os mais de 900 locais de prova, distribuídos em 80 municípios paraenses, onde o Exame será aplicado.

Descentralização

Este ano, assim como já utilizado nas Eleições 2020, a segurança pública implementará os Centros Integrados de Comando e Controle Regionais (CICCR), nos municípios de Marabá, Capanema, Castanhal, Soure, Breves, Paragominas, Tucuruí, Redenção, São Félix Xingu, Santarém, Itaituba, Abaetetuba e Altamira. As unidades serão coordenadas pelo Centro Integrado de Comando e Controle Estadual, na Capital, que irá abranger também, toda a Região Metropolitana de Belém (RMB).

As informações acerca dos transportes das provas, bem como, o início e finalização da mesma serão repassadas ao Centro Integrado de Comando e Controle Nacional, no Distrito Federal (DF), por meio do Sistema Córtex. Os Centros funcionarão nos dois dias das provas.

Em Belém, o CICCE funcionará no plenário da Secretaria de Segurança Pública do Estado, na rua Arcipreste Manoel Teodoro, 305.

Vídeomonitoramento

No dia do exame, a movimentação nos locais de provas contará com o monitoramento eletrônico de mais de 170 câmeras espalhadas nos principais pontos da Região Metropolitana de Belém. A previsão de término é até às 22h, depois da coleta das provas e do direcionamento para o local de correção, no estado de São Paulo.



Haverá aplicação do Exame em 80 municípios do Estado. Na capital, a segurança nas escolas do município ficará a cargo da Guarda Municipal de Belém. Nas escolas estaduais e particulares, em Belém e no interior, a segurança será de responsabilidade da Polícia Militar.

Logística

Os malotes com as provas do Enem já chegaram ao Pará e foram imediatamente distribuídos para os quatro centros regionais do interior, nos municípios de Marabá, Santarém, Altamira e Itaituba.

O Grupamento Fluvial de Segurança Pública (Gflu) dá apoio na segurança e fiscalização dos portos para garantir uma chegada tranquila aos alunos que se deslocarm das regiões ribeirinhas para prestarem o Exame na capital, Belém.

Com informações Agência Pará

Nenhum comentário