Header Ads




Padre encontrado morto em Santarém é sepultado em cerimônia restrita para evitar aglomeração

Padre da Paróquia Santo Antônio de Pádua, em Belterra, e coordenador da Pastoral Carcerária de Santarém foi encontrado morto no domingo (3) na ocupação Bela Vista do Juá.
Sepultamento aconteceu nesta segunda-feira (4) em cerimônia restrita — Foto: Amarildo Gonçalves/TV Tapajós

O corpo do padre Ronaldo Brito, de 37 anos, encontrado morto na tarde de domingo (3) na ocupação Bela Vista do Juá, foi sepultado na manhã desta segunda-feira (4) em Santarém, no oeste do Pará. A polícia investiga a morte do padre que era pároco da Paróquia Santo Antônio de Pádua, em Belterra e coordenador da Pastoral Carcerária.

Ronaldo Brito foi sepultado por volta das 07h30 em um cemitério particular. Para evitar aglomerações, a cerimônia foi restrita aos padres e a um grupo pequeno de pessoas. O arcebispo metropolitano de Santarém, Dom Irineu Roman conduziu as exéquias.

O padre Ronaldo Brito foi encontrado morto na sua casa, localizada na ocupação do Juá. No local havia indícios de comemoração, como talheres e churrasco, indicando também que mais de uma pessoa havia estado ali.

A polícia civil investiga o caso, por meio da Delegacia de Homicídios.
Padre foi encontrado na casa onde morava no bairro Bela Vista do Juá — Foto: Gustavo Campos/TV Tapajós

Sobre o padre Ronaldo

Padre José Ronaldo Gomes de Brito, nasceu no dia 05 de maio de 1983, natural de João Pessoa/PB. Aos 16 anos fez sua primeira experiência vocacional em comunidades de João Pessoa. Ingressou no Seminário em 2005, estudou Filosofia no Instituto de Filosofia e Teologia da Arquidiocese da Paraíba. Concluiu seus estudos de Teologia na Faculdade Nossa Senhora da Conceição, também da Arquidiocese paraibana.
José Ronaldo Brito, de 37 anos, foi encontrado morto no domingo (3) — Foto: Reprodução/Redes sociais

Chegou a Santarém no dia 17 de junho de 2014, acolhido pelo bispo diocesano, Dom Flávio Giovenale. O seu desejo era de conhecer a realidade e costumes da então Diocese.

Sua experiência com a realidade amazônica iniciou nas comunidades Solimões, Vila de Boim – Rio Tapajós; Santa Maria do Uruará no município de Prainha, além da cidade Almeirim. Retornou ao Seminário São Pio X onde ministrou aulas de Filosofia aos seminaristas propedêuticos. Fez seu estágio pastoral na Área Pastoral Cristo Ressuscitado, Matinha. Também ajudou nas comunidades São João Batista, Santo Antônio, Nossa Senhora do Perpetuo Socorro, todas em Santarém.

No dia 05 de dezembro de 2014, José Ronaldo foi ordenado Diácono junto com mais quatro seminaristas, na Praça da Matriz. Sua ordenação sacerdotal aconteceu em setembro de 2015. Atualmente era pároco da Paróquia Santo Antônio de Pádua, cidade de Belterra, e, desde fevereiro de 2016, Padre Ronaldo Brito coordenava a Pastoral Carcerária de Santarém.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário