Header Ads




Palmeiras atropela River Plate e se aproxima da final da Copa Libertadores


O Palmeiras venceu o River Plate pelo placar de 3x0 em solo argentino. A partida vai acontecer na próxima semana, em São Paulo, no Allianz Parque

Santarém – O Palmeiras dominou o River Plate (ARG) e venceu a primeira semifinal da Copa Libertadores por 3 a 0, na Argentina. Rony, Luiz Adriano e Viña fizeram os gols nesta grande atuação alviverde, que atropelou o time da casa, um adversário muito temido no continente pelo trabalho de seis anos construído pelo técnico Marcelo Gallardo.

O resultado deixa o Verdão em situação confortável para voltar a uma final de Libertadores. O time pode até perder por dois gols de diferença na terça que vem (12), no Allianz Parque, que mesmo assim chega à decisão, marcada para o próximo dia 30, no Maracanã. Gols marcados fora de casa são considerados critério de desempate.

O Verdão já é finalista da Copa do Brasil e ainda disputa o Campeonato Brasileiro. No sábado (9), vai visitar o Sport na Ilha do Retiro, pela 29ª rodada da competição nacional, mas o técnico Abel Ferreira deve poupar titulares.

Concentradíssimo no primeiro tempo, o Palmeiras melhorou muito a partir do momento que Gabriel Menino passou a fechar uma linha de cinco na defesa. Com a vantagem no primeiro tempo, o time voltou atuando de forma agressiva depois do intervalo e cansou de criar chances roubando a bola do River já no campo de ataque.

A estratégia de Abel Ferreira foi atuar sem a bola e com uma saída rápida para o ataque. Deu muito certo. Grande atuação alviverde, que poderia ter saído com uma goleada.

O jogo começou com o River tendo perto de 70% da posse de bola e tocando para entrar na defesa do Palmeiras pelo chão. Aos cinco minutos, Weverton fez a primeira grande defesa, na finalização de Carrascal. Quando começou a conseguir contra-atacar melhor, o Verdão abriu o placar, com Rony, aos 27, depois de uma saída ruim do goleiro Armani. Gustavo Scarpa chegou a fazer 2 a 0, mas Luiz Adriano estava impedido no início da jogada.

Após o intervalo, o jogo foi todo do Palmeiras. Luiz Adriano fez um excelente pivô aos dois minutos, carregou do meio-campo até a área do River e tocou com tranquilidade para fazer 2 a 0. Depois da expulsão de Carrascal, o time fez o terceiro com Viña, de cabeça, aos 16, e teve mais chances para ampliar, com Raphael Veiga, Breno Lopes e Gabriel Menino.

Com informações do UOL
Foto: Juan Ignacio/AFP

Nenhum comentário