Header Ads




Pará admite que segunda onda da covid-19 chegou aos municípios do extremo oeste





Na noite desta quinta-feira, 21, através do seu perfil pessoal no Twitter, o governador do Estado do Pará, Helder Barbalho (MDB), informou que a região do extremo oeste paraense já enfrenta a segunda onda da covid-19.

O governador divulgou a informação após uma reunião que ocorreu, por videoconferência, com os prefeitos da região do Baixo Amazonas para falar sobre a segunda onda da covid-19 no oeste paraense. De acordo com o governador, o pedido para que os gestores municipais decretarem medidas mais restritivas em seus municípios foi reforçado, para que a situação não saia de controle.

"Ao verificar in loco a realidade dos municípios na divisa com o Amazonas, eu não tenho nenhuma dúvida de que estamos vivendo aqui nesta região uma segunda onda de contágio, e isto requer atenção, estado de alerta, e acima de tudo responsabilidade, para que nós possamos proteger a população. Na semana passada, mudamos o bandeiramento desta região, e fizemos com que estivéssemos em um estágio de alto risco, o bandeiramento vermelho. Peço a todos os prefeitos, e disse isto na conferência que fizemos há pouco, que todos possam, no âmbito municipal, replicar, fazer os decretos municipais, fazer constar e valer junto com a estrutura do Estado o convencimento da sociedade, de que isto é um ato necessário para proteger a nossa população", reforçou o chefe de estado.

A região é composta pelos municípios de Alenquer, Almeirim, Belterra, Curuá, Faro, Juruti, Mojuí dos Campos, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Placas, Prainha, Rurópolis, Santarém, Uruará e Terra Santa.

Covid no Pará

Em novo boletim divulgado na noite de hoje, 21, pela Secretaria Estadual de Saúde Pública do Pará (Sespa), sobre o avanço da covid-19, o Pará tem 316.176 casos confirmados; 7.470 óbitos e 295.421 pacientes recuperados desde o início da pandemia.

Fonte Roma News 

Nenhum comentário