Header Ads




Prefeita pede que Governador proíba entrada de embarcações do estado do Amazonas em Juruti

Equipe de saúde está no porto controlando a entrada e saída de Juruti

A prefeita de Juruti, no Pará, Lucidia Benitáh Batista, preocupada com o grande aumento de casos de Covid-19 em Manaus e outros municípios do estado do Amazonas, através de ofício, solicitou ao governador do Pará, Helder Barbaho, a proibição de entrada de embarcações com passageirs oriundos de Manaus e de outros municípios do estado do Amazonas, somente cargas podem ser recebidas, bem como solicitou outras ações do Governador, para assim poder conter a proliferação dessa pandemia no Município.

"Hoje solicitei ao Governador Hélder (MDB) fechar a entrada de embarcações de passageiros oriundas do Estado do Amazonas, apenas cargas. Sei que é uma medida impopular, mas não queremos ver um pico de mortes em Juruti. Solicitamos ainda, o reforço da Polícia Militar no contigente e também na estrutura; o encaminhamento dos 5 Kits UTI covid do Estado que ficaram na guarda do Hospital 9 de abril para o Município", disse Lucidia Benitáh Batista.
Por precaução, a Prefeitura de Juruti adotou outras medidas, entre as quais: Equipe da Saúde está no porto controlando a entrada e saída de Juruti, com Guarda Municipal, Agentes da Vigilância e equipe da Saúde.

Equipe da Polícia Militar, Vigilância e Guarda Municipal estão intensificando as medidas restritivas e orientando a todos.
"Estamos montando uma tenda na área externa do Hospital Municipal para triagem, sendo que o Hospital Municipal possui apenas 01 respirador", informou a Prefeita.

Confira abaixo a íntegra do ofício encaminhado ao governador Helder Barbalho:




Nenhum comentário