Header Ads




Prefeito de Óbidos diz que município está preparado para vacinação da população contra covid-19

Na quinta-feira (7), decreto foi publicado por Jaime Silva (MDB) atualizando medidas de prevenção à propagação do novo coronavírus.
Prefeito Jaime Silva (MDB) falou sobre providências adotadas pelo município para vacinação contra a Covid-19 — Foto: Assessoria de Comunicação de Óbidos/Divulgação

Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (8), em Óbidos, oeste do Pará, o prefeito Jaime Silva (MDB) anunciou que o município está preparado para imunizar a população obidense contra a covid-19.

“Estamos ajustando o cronograma e correndo para que se possa atender toda a população do município com a vacina. A equipe da saúde está trabalhando prioritariamente na prevenção e combate à covid-19, para que muito em breve Óbidos não tenha mais casos novos da doença. Pra isso a gente tem que agir de acordo com os protocolos sanitários”, disse Jaime Silva.

Presente na coletiva, a secretária municipal de Saúde, Ana Elza disse que as equipes de saúde estão se organizando com muito emprenho nessa questão, e que há uma expectativa muito grande da população e também dos profissionais de saúde para a vacinação contra a covid-19.

Ana Elza aproveitou a oportunidade para fazer um apelo à população para que colabore com o serviço de saúde fazendo o uso de máscaras, distanciamento social, higienização das mãos e dos ambientes.

“Não temos leitos disponíveis para qualquer agravo que venha a acontecer. Porque a saúde pode organizar os recursos e mobilizar equipe, mas se a comunidade não incorporar essa ideia de colaboração com a sua vida e a vida do outro, vai ser humanamente impossível atender uma demanda grande de casos, assim como receber pacientes nos nossos equipamentos públicos de saúde e até mesmo na questão das transferências”, destacou Ana Elza.

Novo Decreto

Na quinta-feira (7), o prefeito Jaime Silva assinou decreto nº 024/2021 que estabelece novas medida para prevenção da pandemia de covid-19.

O decreto mantém suspensas as atividades presenciais com alunos nas unidades escolares da rede municipal até que seja regularizado o quadro epidemiológico do município, podendo ser retomada a oferta de merenda ou medida alternativa que garanta alimentar aos alunos.

Já os servidores da educação devem retornar às suas atividades normais, com carga horária e regime de trabalho definido pela Secretaria Municipal de Educação.

Permanece suspensa a realização de atividades que gerem aglomeração, como:

Casas de shows e espetáculos de qualquer natureza;
Boates, pubs e danceterias;
Feiras, exposições, congressos e seminários;
Quaisquer outros serviços de atendimento ao público que não estejam expressos no decreto.

É obrigatório o uso de máscaras de proteção facial, e esse uso deve ser cobrado inclusive nos estabelecimentos comerciais, devendo ser proibida a permanência de pessoas que não estiver fazendo uso do item.

O funcionamento de salões de beleza, barbearias e similares deve limitar o atendimento a 50% da sua capacidade, assim como, o transporte de passageiros em embarcações de linhas intermunicipais e interestaduais, e de até 60% em ônibus de linhas intermunicipais e interestaduais.

Fonte G1 Santarém 

Nenhum comentário