Header Ads




UFPA divulga edital do processo seletivo 2021; confira

Cerca de 90 mil estudantes devem participar do concurso que vai ofertar mais de sete mil vagas
Crédito: Agência Pará

A Universidade Federal do Pará (UFPA) divulgou o edital do Processo Seletivo 2021 (PS 2021). Neste ano, serão disponibilizadas 7.355 vagas em 196 cursos sediados em 19 municípios paraenses, incluindo 196 vagas adicionais reservadas a pessoas com deficiência (PcD). As inscrições são online e podem ser feitas das 14h do dia 11 de janeiro até as 17h do dia 5 de fevereiro. A expectativa é que cerca de 90 mil estudantes participem do concurso.

Segundo a instituição, pelo quarto ano consecutivo, o valor da taxa de inscrição no PS da UFPA é R$ 50 reais. Este ano, o pagamento da taxa deve ser feito até o dia 19 de fevereiro, mas quem deseja a isenção da taxa de inscrição deve solicitar o benefício no ato da sua inscrição.

Podem solicitar a isenção estudantes que comprovem ter cursado todo o ensino médio ou equivalente na rede pública, ou aqueles que cursaram na rede privada com bolsa integral de estudos. Essa isenção no pagamento da taxa de inscrição não se confunde com o direito de concorrer a vagas de cotas específicas. A UFPA vai analisar os pedidos de isenção e o resultado deve ser divulgado a partir do dia 8 de fevereiro na página de acompanhamento de inscrição de cada candidato.

De acordo com a universidade, as principais regras continuam as mesmas de anos anteriores. O preenchimento das vagas utiliza como base os resultados obtidos pelos candidatos nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2020, que ocorrerão, presencialmente, nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e, no formato digital, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021. Os estudantes que cursaram todo o ensino médio em escolas localizadas em um dos estados da Região Norte recebem bônus de 10% sobre o valor da nota obtida no Enem.

Ainda conforme a UFPA, não há alterações em relação ao sistema de cotas. Metade das vagas da instituição segue reservada para os egressos da rede pública de ensino. Desse percentual, 50% das vagas são destinadas a quem é oriundo de família com renda per capita de até 1,5 salário mínimo, e, dessas vagas, no mínimo 78% serão direcionadas para quem se autodeclara preto, pardo ou indígena. Ainda pelo sistema de cotas da universidade, pelo menos 7,76% das vagas serão reservadas a quem se declara pessoa com deficiência. Além disso, PcDs podem se candidatar a uma vaga extra criada pela Universidade em todos os cursos ofertados.

No edital, os candidatos podem conferir com mais detalhes os grupos de inscrição e os grupos de vagas aos quais concorrerão a partir do seu perfil. Assim, será possível perceber, de maneira clara, que um mesmo candidato concorre, em muitas ocasiões, a vagas que pertencem a mais de um grupo de cota.

Embora várias regras sejam as mesmas, há diferenças no concurso deste ano em relação ao PS 2020. A primeira novidade está ligada à pandemia de covid-19. Devido às restrições previstas para minimizar o risco de contágio pelo novo coronavírus, os candidatos inscritos para os cursos de Dança e Música não farão Exame de Habilidades. O Enem será, portanto, a única prova para todos os candidatos ao PS 2021.

Outra novidade está prevista para o “pós-Listão”. A partir deste ano, quem deseja concorrer a vagas pelo sistema de cotas reservadas a pessoas que se inscrevem e se autodeclaram pretos ou pardos deverão se apresentar a uma Comissão de Heteroidentificação, que irá analisar se o fenótipo de cada candidato confirma a autodeclaração.

O processo seletivo da UFPA é bastante aguardado pelos estudantes paraenses e de outros estados. Com o prolongamento da pandemia, o edital precisou ser pensado juntamente ao planejamento das atividades acadêmicas da universidade para 2021. Para o pró-reitor de Ensino de Graduação da UFPA, Edmar Costa, “a aprovação dos termos deste Edital pelo Consepe representa a confiança da comunidade acadêmica na capacidade da UFPA de receber egressos do ensino médio, mantida praticamente a mesma oferta dos anos anteriores, em uma conjuntura tão desafiadora como sabemos que será a deste ano. Apesar de a oferta das aulas em nossos cursos depender do cenário epidemiológico relacionado à Covid-19, tanto o edital do PS como o calendário acadêmico abrem possibilidades para que o ensino de qualidade da nossa Instituição possa ser praticado em todas as Unidades”.

Mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia, garantir a oferta de vagas para novas turmas em 2021 era um compromisso da UFPA com a sociedade, de acordo com o reitor Emmanuel Zagury Tourinho: “Milhares de pessoas aguardavam as definições da UFPA quanto à oferta de novas vagas nos cursos de graduação. Mesmo em um cenário de incertezas, tínhamos clareza de que a Universidade não podia deixar de realizar o seu processo seletivo anual, que representa a maior oportunidade de acesso ao ensino superior na região amazônica. Por isso, a instituição trabalhou intensamente para viabilizar a recepção dos futuros calouros, apesar da pandemia e a partir da definição de um calendário de atividades acadêmicas que acomoda o atraso previsto na divulgação dos resultados do ENEM”.

Nenhum comentário