Header Ads




Pará altera decreto e libera abertura de bares; veja todas as mudanças

Crédito: Bruno Cecim / Agência Pará

Foi publicado hoje, 18, no Diário Oficial do Estado, a alterações no decreto 800 Retoma Pará, liberando o funcionamento de bares e permitindo a realização de eventos em locais fechados, para até 50 pessoas. Permanecem proibidos e fechados ao público, boates, casas noturnas, casas de shows e estabelecimentos afins, além da realização de shows e festas abertas ao público.

O acesso à praias, balneários e igarapés também muda a partir da nova determinação e estão liberadas as academias e clubes recreativos.

Sobre as escolas e instituições de ensino em geral, o decreto determina que deve ser priorizado o ensino remoto, ficando autorizada aulas ou atividades presenciais, nos municípios com bandeiramento laranja, amarela, verde e azul.

A Região do Baixo Amazonas retorna ao alerta máximo, com bandeiramento vermelho e Belém muda para a classificação de risco médio, com bandeira laranja.

Confira o que muda a partir de hoje:

- Fica permitida a realização de eventos privados em locais fechados, com audiência de até a 50 (cinquenta) pessoas e a apresentação de músicos/artistas em número não superior a 6 (seis).

- Ficam autorizados a funcionar restaurantes, lanchonetes, bares e estabelecimentos afins, respeitando a lotação máxima de 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade sentada, até o limite de meia-noite, ficando proibida a venda de bebidas alcoólicas no período compreendido entre 0h 06h, além da permanência de pessoas em pé no interior do estabelecimento.

- Ficam autorizados a funcionar clubes recreativos, respeitadas as regras gerais previstas no Protocolo Geral do Anexo III deste Decreto.

- Ficam autorizadas a funcionar clínicas de estética, salões de beleza, barbearias e estabelecimentos afins, respeitadas os protocolos sanitários, individualmente agendados com hora marcada.

- Ficam autorizadas a funcionar academias de ginástica e estabelecimentos afins, respeitadas as regras gerais, apenas com agendamento individual com hora marcada.



- Lojas de conveniências ficam proibidas de vender bebidas alcoólicas no período compreendido entre 22h e 06h.

- Supermercados, mercados e estabelecimentos afins devem observar quanto ao seu funcionamento, controlar a entrada de pessoas, limitado acesso à um membro por grupo familiar, que poderá estar acompanhado por criança pequena, respeitando a lotação máxima de 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade, inclusive na área de estacionamento.

- Fica proibida a venda de bebidas alcoólicas no período compreendido entre 22h e 06h

- Permanecem proibidos e fechados ao público boates, casas noturnas, casas de shows e estabelecimentos afins, bem como, a realização de shows e festas abertas ao público.

Leia o decreto Estadual completo clicando aqui!


*matéria em atualização

Fonte Roma News 

Nenhum comentário