Header Ads




Prefeitura e Governo do Estado entregam Hospital de Campanha de Santarém


Crédito: Agência Santarém 

Uma visita de inspeção feita pelo prefeito Nélio Aguiar com a presença do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e do governado Helder Barbalho marcou a abertura do Hospital de Campanha de Santarém, que vai tratar pacientes exclusivos da covid-19.
Crédito: Agência Santarém 

A unidade, que conta com 60 leitos (sendo 54 clínicos e 4 de estabilização), foi montada na Escola Estadual Maria Uchoa Martins, localizada no bairro Floresta, a 800 metros do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA).

A entrega da nova unidade é mais uma estratégia para desafogar a ocupação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), que já virou um hospital exclusivo para atendimento de casos de Covid no município e está com fluxo intenso de atendimento.

A unidade temporária conta com sete enfermarias, com sete leitos cada; uma enfermaria com 16 leitos; uma sala de estabilização, com 4 leitos; posto de enfermagem; farmácia; almoxarifado; sala de estar médico e de enfermagem; uma sala do Núcleo Interno de Regulação; necrotério; sala de paramentação; refeitório; cozinha; administrativo; vestiários femininos e masculinos; descanso equipe; faturamento; departamento pessoal; expurgo; psicossocial e resíduos.

"É uma conquista para nosso município que ajudar a salvar vidas", disse Marcela Tolentino, secretária municipal de Saúde de Santarém.
Crédito: Agência Santarém 

Ao visitar as instalações, o ministro Pazuello elogiou a estrutura do HC e o esforço em conjunto de município, estado e União para montar estratégias de combate à pandemia do novo coronavírus.

“É muito bom chegarmos a um estado e verificarmos a união de esforços de todos os níveis de gestão e de governo, e observar a estrutura de um hospital de campanha aproveitando uma construção de escola, já com a estrutura física pronta e adaptá-la”, observou Pazuello.

A abertura de leitos por meio de hospitais de campanha é uma das três estratégias básicas que o ministro traçou como prioritárias para o enfrentamento da pandemia no estado e melhor atendimento dos pacientes. As outras duas incluem o atendimento médico imediato dos pacientes sintomáticos na Atenção Primária para tratamento adequado e a vacinação da população.

“Estamos fechando o trigésimo dia de vacinação e isso vai nos dar um primeiro padrão de país”, disse Pazuello, ao ressaltar a distribuição de imunizantes a 5.570 municípios em todo o Brasil.
Crédito: Agência Santarém 

Segundo o governador Helder Barbalho, a situação da doença no estado é estável. Ele destacou o trabalho do prefeito Nélio Aguiar na difícil condução de enfrentamento à pandemia. "Queria agradecer a todos que estão aqui, agradecer as palavras de apoio. Para nossa equipe isso é muito valioso. Sempre faço questão de ressaltar, que desde quando Pazuello chegou ao ministério, temos total apoio no combate à pandemia. Nesse momento, estou esperançoso de que vamos ter sucesso nessa segunda onda de contaminação. Já estamos trabalhando há cerca de 30 dias e estamos conseguido segurar essa onda, prestando assistência à população paraense”, disse o governador Helder Barbalho. “O parabenizo o Nélio pelo excelente trabalho que faz com sua equipe e em conjunto com o estado para conter o avanço desta doença”, emendou o governador.

O prefeito Nélio Aguiar lembrou que antes da entrega do HC, foi necessário abri 20 leitos clínicos no Hospital Municipal para dar suporte à UPA 24h. Dentro desse tempo, ele lembra que a cidade passa por um longo período de lockdown no bandeiramento preto.

“São esforços em conjunto com a população para frear o avanço da covid-19. Com a abertura de mais leitos, a baixa da taxa de contágio e a ajuda da população obedecendo as regras de prevenção, vamos vencer essa doença”, disse Nélio Aguiar.

O gestor lembra ainda que as Unidades de Saúde Descentralizadas e os ambulatórios itinerantes continuam oferecendo seus serviços à população e salvando vidas.

“São estratégias de prevenção que evitam o agravamento do paciente e com isso evita também ocupação de leitos”, finalizou o gestor.

Acompanharam a agenda do ministro, além do prefeito e do governador, secretários municipais, senador Zequinha Marinho, autoridades militares, o secretário adjunto de Saúde do Estado, Sipriano Ferraz; diretor de Vigilância em Saúde do Estado, Denilson Feitosa; deputados federais Júnior Ferrari, Eduardo Costa e Airton Faleiro, e os deputados estaduais José Maria Tapajós e Eraldo Pimenta.

Blogdocarpê com informações Agência Santarém 

Nenhum comentário