Header Ads




Brasil registra desemprego de 14,4% no trimestre encerrado em fevereiro, aponta IBGE

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) divulgada nesta sexta-feira, 30
Crédito: Agência Brasil

Uma pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira, 30, constatou que a taxa de desemprego no Brasil ficou em 14,4% nos três meses até fevereiro.

Os dados, que fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), mostraram que o número de desempregados no período dos meses de dezembro de 2020, janeiro e fevereiro de 2021 bateu o recorde da série histórica iniciada em 2012, com 14,4 milhões de pessoas na situação. .

De acordo com o estudo, o resultado representa alta de 2,9%, ou de mais 400 mil pessoas desocupadas em relação ao trimestre anterior (setembro a novembro de 2020), ocasião em que a desocupação foi estimada em 14 milhões de pessoas, com uma taxa de 14,1%. Apesar da alta, a taxa foi considerada estável.

Em relação ao mesmo período no ano anterior, o número de desempregados no Brasil cresceu 2,7 pontos percentuais, com 2,1 milhões de pessoas a mais buscando emprego.

Para a analista da pesquisa do IBGE Adriana Beringuy, não houve no trimestre geração significativa de postos de trabalho. "O que também foi observado na estabilidade de todas as atividades econômicas, muitas ainda retendo trabalhadores, mas outras já apontando um processo de dispensa como o comércio, a indústria e alojamentos e alimentação", afirma.

Com informações do site Exame

Nenhum comentário