Header Ads




Comitê de crise libera cinemas com limitação de público e parques com protocolos de biossegurança em Santarém

Decisões foram tomadas na manhã desta quinta-feira (29) durante reunião do comitê nas dependência das prefeitura de Santarém.
Membros do Comitê de Crise em reunião na Prefeitura de Santarém — Foto: Amarildo Gonçalves/TV Tapajós

Comitê de Crise para Enfrentamento da Pandemia de Covid-19 em Santarém, oeste do Pará, reuniu na manhã desta quinta-feira (29), e definiu novas medidas de flexibilização de atividades. A partir da publicação de novo decreto, fica permitido o funcionamento de cinemas, com capacidade de público limitada a 50%, assim como parques de diversão, mediante à adoção de protocolos de biossegurança.

Outras medidas foram flexibilizadas levando em consideração o bandeiramento laranja e avaliação da situação epidemiológica do município. De acordo com o presidente do Comitê, Matheus Coutinho, foram analisados os protocolos de biossegurança contidos no decreto, assim, como o que dispõe o decreto 800 do Governo do Estado, que permite algumas flexibilizações.

"Diante disso foi feita uma análise dos casos de Covid dos últimos 15 dias, número de atendimentos, notificações, taxa de ocupação hospitalar, leitos clínicos, leitos de UTI, e o Comitê de Crise entendeu pertinente o pleito dos grupos de cinema, de parques de diversão e de outros setores, e votou pela liberação dessas atividades com alguns regramentos obrigatórios, como distanciamento, capacidade reduzida de público e medidas de higiene", explicou Matheus Coutinho.

O comitê liberou a realização de reuniões públicas e privadas com, no máximo, 30 pessoas (o decreto em vigor só permite reuniões com, no máximo, 10 pessoas).

Para os restaurantes, o "self-service" também foi liberado, mas os estabelecimentos deverão fornecer luvas descartáveis aos clientes para que eles possam servir as porções nos pratos.

Academias de ginástica ficam autorizadas a fazer o controle de entrada dos clientes com catraca.
No âmbito administrativo, a concessão de férias para servidores públicos que estava suspensa devido à pandemia, volta a ser feita a partir do mês de maio.
Festas, shows e outros eventos que possam promover aglomeração seguem proibidos.

Assim que o novo decreto for publicado e as medidas de flexibilização passarem a vigorar, a Vigilância Sanitária vai fiscalizar os estabelecimentos que serão afetados diretamente com as novas flexibilizações. A intenção é garantir que os serviços sejam retomados com segurança.

Fonte Santarém 

Nenhum comentário