Header Ads




Dinheiro apreendido na casa de ex-prefeito, Domingos Juvenil, será usado na compra de ambulância em Altamira


Crédito: Reprodução 

Na tarde desta sexta-feira, 23, o Ministério Público do Estado conseguiu na Justiça uma medida cautelar para a devolução do valor de R$ 421.259,00, apreendido no gabinete do ex-prefeito de Altamira, Domingos Juvenil. O valor será destinado à compra de duas ambulâncias, pois a atual gestão apresentou um projeto para destinação desse valor para a compra desses veículos.

Altamira é o maior município do Brasil, e atualmente possui apenas uma ambulância em condições de uso. Para assegurar a correta aplicação dos recursos apreendidos nos autos, o promotor de Justiça de Altamira, Daniel Braga Bona juntou em sua petição um ofício assinado pelo atual prefeito, Claudomiro Gomes da Silva, acompanhado de Plano de Trabalho de Aplicação Financeira para aquisição dos dois veículos.

A quantia bloqueada de todos os réus pela decisão judicial foi apreendida durante a operação “Prenúncio”, promovida pelo Ministério Público do Estado (MPPA), por meio da Promotoria de Justiça de Altamira e a Polícia Federal (PF), realizada em novembro de 2020 foi de R$1.725.157,976, além de $1 mil. Além desses valores em espécie, foram declarados indisponíveis 20 veículos, ouro e vários outros bens, como fazendas, empresas, 814 cabeças de gado, 12 equinos, 100 galinhas, 9 ovinos e quatro outras espécies.

Fonte Roma News 

Nenhum comentário